Carla Diéguez

Mestre em Sociologia pela USP (2007), com ênfase em sociologia do trabalho, e bacharel em Ciências Sociais pela Unesp (2001). Atualmente, é docente e pesquisadora da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo.

No dia 02 de fevereiro foi apresentado no Porto de Santos, em comemoração aos seus 118 anos, o Master Plan do Porto de Santos e o estudo de acessibilidade. Tudo estaria muito bom se o Master Plan, que em português seria algo como Plano Mestre para o Porto, não passasse de um projeto de expansão e reformulação do maior porto do Brasil, com possibilidades de ação. Entretanto, estas possibilidades ainda precisam ser estudadas e avaliadas tanto pela Prefeitura Municipal de Santos  e pelo principal órgão dos portos, o Conselho de Autoridade Portuária .

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Hoje, PortoGente dá inicio ao projeto “Problemas na Modernização dos Portos”. Este projeto visa discutir as questões candentes e pendentes nos portos brasileiros. A Lei nº 8.630/93 foi promulgada com intuito de modernizar os portos brasileiros e tornar-los mais competitivos no mercado internacional. Seus artigos, parágrafos e alíneas causaram um reboliço nos portos brasileiros, entretanto não podemos negar que a Lei nº 8.630/93 trouxe avanços quanto a gestão portuária, a movimentação de cargas e as relações de trabalho. Muito ainda falta para ser feito, mas podemos dizer, parafraseando a propaganda da TV, que saímos da Sibéria.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
A relação trabalho e gênero é antiga tanto nos locais de trabalho tanto como objeto de estudo das Ciências Sociais. Entretanto, pouco havia me ligado a ela, principalmente pelo fato de minhas questões de pesquisa me levarem para o problema do trabalho, mas para um objeto essencialmente masculino, onde a idéia da dominação masculina e da submissão feminina não aparecia.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Saudações! Hoje vou fugir das discussões sobre portos e trabalho e falar de outro assunto que a sociologia debate, a cidade. Isto, pois, em minhas últimas visitas a Santos tive a tristeza de ver o abandono em que se encontram os prédios das antigas Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (hoje Centro de Ciências da Educação) e da Faculdade de Comunicação, a conhecida Facos, pertencentes a Universidade Católica de Santos (Unisantos). As duas tiveram seus cursos transferidos para o campus Dom Idílio José Soares em 2009. Desde então os prédios estão fechados e sem cuidados.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Estava lendo o artigo publicado pelo Jornal do Brasil e reproduzido por PortoGente sobre a valorização do trabalhador no local de trabalho. O título do artigo Empregado valorizado rende mais chamou minha atenção, afinal esta não é nenhuma novidade.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s