Frederico Bussinger

Consultor. Foi presidente da Companhia Docas de São Sebastião (CDSS), SPTrans, CPTM e Confea. Diretor da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), do Departamento Hidroviário de SP e do Metrô de SP. Presidiu também o Conselho de Administração da CET/SP, SPTrans, Codesa (Porto de Vitória), RFFSA, CNTU e Comitê de Estadualizações da CBTU. Coordenador do GT de Transportes da Política Estadual de Mudanças Climáticas (PEMC-SP). Membro da Comissão Diretora do Programa Nacional de Desestatização e do Conselho Fiscal da Eletrobrás.

No Brasil, predomina “Avaliação Ambiental Estratégica” – AAE (“Strategic Environmental Assessment” – SEA, em inglês). Os não familiarizados podem imaginar tratar-se de uma análise (apenas) ambiental, algo a ser elaborado e analisado por ambientalistas e analistas do setor. Engano: as AAE avaliam o ambiental mas, conjuntamente, com o econômico e o social (fiel ao conceito de sustentabilidade); e devem ser elaboradas e analisadas por equipes multidisciplinares. Por isso, como “as palavras têm força”, e para evitar induções ao erro, “Avaliação Integrada de Impactos - AII” (outro dos diversos termos internacionalmente utilizados) parece mais próprio.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
As bacias do Sena (França) e Scheldt (Bélgica/Holanda), percorrendo áreas milenarmente urbanizadas, serão interligadas através de uma nova hidrovia. O projeto, com 114 km de extensão, 3,5 metros de profundidade e 7 metros de altura (para barcaças com pilhas de três contêineres), sete eclusas, é parte do Plano Europa-2050. Quando concluído, viabilizará ligação aquaviária, de cargas e passageiros, entre Paris, Antuérpia, Rotterdam e Londres.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Planos diretores portuários não são novidade nos portos brasileiros. Mas PDZ, com essa nomenclatura, é disposição da “Lei dos Portos”; disposição bastante econômica: limita-se a atribuir ao CAP competência para aprova-lo. A nível nacional vigia, apenas, o tradicional Plano Nacional de Viação – PNV, o mais recente de 1973.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
“Não há bons ventospara barcos sem rumo!”(Milenar provérbio chinês)

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Neste Dia Internacional da Mulher, a coluna completa um ano! Sérgio Fortes me desafiou (a escrever regularmente) e Jama generosamente me convidou. Obrigado, irmãos! Atendeu?

0
0
0
s2smodern
powered by social2s