Laire Giraud

Despachante aduaneiro, colecionador de cartões-postais, especialmente de transatlânticos. Colaborador da Revista de Marinha de Portugal. Publicou cinco livros, como autor e co-autor, sobre temas da Santos antiga.

No espetacular livro Rota de Ouro e Prata, lançado em 1995, o pesquisador marítimo José Carlos Rossini, radicado em Genebra, na Suíça, conta detalhes da história dos principais transatlânticos que faziam a linha da costa leste da América do Sul. Dentre eles, os franceses Lutetia, Gallia e Massilia.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
A saída de Santos estava marcada para 15 horas, mas aconteceu às 17 horas, com 120 minutos de atraso. Este foi como que um prenúncio dos acontecimentos que envolveram o Magdalena.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Parece que o mês de abril para alguns navios britânicos não é nada bom. Destaco isso em razão de no último 14 de abril ter completado 100 anos do acidente com o navio mais conhecido em todos os tempos: o Titanic. Neste 24 de abril, faz 63 anos que o novíssimo Magdalena, em viagem inaugural, sofreu grave acidente na altura da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
O Federico C, ao passar na altura da antiga ponte dos práticos, deu um apito longo de despedida, o que causou um forte aperto na garganta. Meus olhos ficaram lacrimejados e quem ali estava também sentiu a mesma sensação... era pura emoção.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Caminhava, durante um belo domingo de janeiro deste ano, pelo conhecido calçadão da Ponta da Praia de Santos quando vi a proa de um belo transatlântico e fotografei o navio, de um modo até indolente...

0
0
0
s2smodern
powered by social2s