Alessandro Atanes

Jornalista e mestre em História Social pela Universidade de São Paulo (USP). Servidor público de Cubatão, atua na assessoria de imprensa da prefeitura do município.

Na coluna anterior, Porto Literário trouxe a história das obras de saneamento em Santos narrada em Os planos da cidade: as políticas de intervenção urbana em Santos – de Estevan Fuertes a Saturnino de Brito (1892-1910), obra do arquiteto Sidney Piochi Bernardini. Na ocasião, o assunto eram as diferenças políticas entre o governo estadual e municipal. Hoje, é o engenheiro e médico nascido em Porto Rico. Fuertes, cientista da Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, idealizou projetos sanitários para Santos e o litoral paulista entre 1892 e 1895.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Em 25 de abril de 1913, o engenheiro sanitarista carioca Francisco Saturnino Rodrigues de Brito inicia uma disputa política e intelectual com a Câmara Municipal de Santos. Nesta data ele encaminha um ofício à câmara em que exige a aprovação da Planta de Santos, projeto elaborado pelo urbanista e apresentado ao município também por ofício, em 30 de dezembro de 1910. As diferenças entre os poderes local e estadual são históricas.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Começo a semana com um pedido de desculpas aos colegas que atualizam o PortoGente. Uma infecção no meu computador me impediu de mandar a coluna no prazo de segunda-feira. O pedido se estende aos dois leitores que acompanham o espaço.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Nas duas últimas semanas Porto Literário passeou por duas edições do romance de identidade portuária Navios Iluminados (ver artigos). Foram comparados os textos que vêm junto com a obra no livro: prefácios, orelhas, etc. Desta vez voltamos ao conteúdo, ainda que a partir da análise desses tais textos.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Discussões acadêmicas sobre como se faz história (ou pelo menos como os historiadores de profissão exercem o ofício) podem ser interessantes. A história é o que milhares de anos nos acumulam sobre os ombros, e uma incursão histórica pretende alcançar o que há em todos nós pelos meandros do tempo.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s