Silvio dos Santos

Engenheiro civil, opção transportes, formado pela Escola Politécnica da USP. Desde 2003 é engenheiro do Laboratório de Transportes e Logística da UFSC, onde trabalhou nos convênios com a ANTT e com a Secretaria de Portos para a realização do Plano Nacional de Logística Portuária

Elevador, plano inclinado e rampa d’água

Em continuidade ao relato da evolução da navegação fluvial na França, hoje iremos abordar os diversos dispositivos de transposição utilizados para vencer os desníveis d'água, quando novas técnicas de engenharia foram aplicadas pela primeira vez na Europa e nos Estados Unidos.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
Aquamotor e Touage

Em continuidade ao relato da evolução da navegação fluvial na França, hoje iremos abordar os primeiros engenhos que foram utilizados para vencer a correnteza do rio Sena, pois a halage era restrita aos trechos próximos das vilas, necessitava também da via lateral para os cavalos andarem e a força exercida era sempre ob/iqua. Nos trechos com muitos meandros e margens a/agadiças, a utilização da halage era impraticável.

 

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

Em continuidade ao relato da evolução da navegação fluvial na França, hoje iremos abordar o transporte de madeira por flutuação, onde foi utilizada pela primeira vez uma técnica de logística: a unitização.

 

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
O primeiro meio de transporte organizado na França.

Muito antes da invenção da locomotiva - 1825 - e da abertura das primeiras estradas para as carruagens, a navegação fluvial já era utilizada como meio de transporte de pessoas e de cargas, na França Medieval. Em 1672 o engenheiro Paulo Riquet inicia o canal do Midi, ligando o Mar Mediterrâneo ao Oceano Atlântico

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

Em sequência o relato sobre a renovação da frota da Marinha Mercante Francesa durante os anos 60.

 

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente