Meio Ambiente

O mundo se volta, tarde ou não, para os assuntos do Meio Ambiente. Muito se tem falado em “aquecimento global”, “escassez de água”. Enquanto se discute o tema, a poluição e seus diversos e vários danos ambientais continuam acontecendo. É o caso dos portos. Para o professor Luciano Pereira de Souza, da Universidade Santa Cecília (Unisanta), em entrevista exclusiva ao PortoGente, existe a necessidade de transparência e possibilidade de participação da população na tomada de certas decisões que envolvem riscos ambientais.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
“Não basta preservar, tem que melhorar”. A frase do doutor em saúde ambiental e coordenador da Agenda Ambiental para o Porto de Santos, Ícaro Cunha, reforça a preocupação do setor portuário e da sociedade em geral com a qualidade do meio ambiente. Parte de uma política nacional que vem sendo desenvolvida pelo Ministério do Meio Ambiente e pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), a Agenda Ambiental ainda é incipiente e somente está sendo debatida nos portos de Santos e Rio Grande.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
O recente relatório produzido durante o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, em inglês), da Organização das Nações Unidas (ONU) revela um preocupante futuro do planeta. O documento de 21 páginas, considerado o mais importante a respeito de aquecimento global, revela que a temperatura média do planeta subirá de 1,8ºC a 4ºC até 2100, o que provocaria um aumento do nível dos oceanos de 18 a 59 cm, além de inundações e ondas de calor mais freqüentes.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
As operações portuárias e os avanços industriais são itens fundamentais para todas as atividades do mundo globalizado de hoje. No entanto, se proporcionam qualidade de vida no aspecto de conforto, tecnologia e intercâmbio entre diversas regiões do mundo, afetam profundamente o meio ambiente e todo o ecossistema natural. Dentre os inúmeros malefícios causados pelos poluentes gerados por veículos motorizados e fábricas está o aumento do efeito estufa. Esse fenômeno natural é o que mantém a temperatura da Terra adequada para a sobrevivência humana – já que sem sua presença a temperatura média do planeta seria 30% mais baixa. A emissão excessiva dos gases que compõem o efeito estufa, em especial devido a caminhões e carros com regulagens precárias, está aumentando demasiadamente a temperatura da Terra e causando danos irreversíveis ao meio ambiente. Consultados pela reportagem de PortoGente, os caminhoneiros demonstram preocupação, mas também desconhecimento sobre o assunto.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
A dragagem da Cosipa, prevista para ter início em janeiro, ainda está suspensa graças a uma liminar concedida pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) ao Ministério Público Federal e Estadual. O que importa aos promotores de justiça de Santos, Cubatão e Guarujá – autores do recurso – é garantir que a lama produzida pela siderúrgica não seja misturada à lama da Codesp.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s

O que você achou? Comente