• Durante discurso realizado na abertura da 17ª Edição do Fórum Nacional para Expansão do Setor Logístico Portuário – Santos Export, em Brasília, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, ressaltou que sua equipe é "fã do modelo landlord", mas está aberta a sugestões voltadas a uma nova natureza para a Autoridade Portuária de Santos que possibilite alcançar eficiência para a exploração de todo o potencial do principal porto do Hemisfério Sul

  • Como já sugeriu este Portogente, o capítulo principal dessa novela nebulosa aconteceu em 2011, quando a diretoria da Codesp, na época sob a responsabilidade do diretor Alencar Severino Costa, acabou extinguindo as ações judiciais já ganhas na Justiça Federal e que se encontravam sobre a mesa, aguardando sentença, do Desembargador Federal André Nabarrete. Ou seja, optou por não dar continuidade aos processos, abdicando de uma confortável posição conquistada pelo corpo jurídico da estatal

  • Faleceu de infarto, às 18h30 desta terça-feira (25), o ex-presidente do sindicato dos operários portuários de Santos e região (Sintraport) por quatro gestões, Robson de Lima Apolinário

  • As obras projetadas estão avaliadas em R$ 130 milhões. Responsável pela instauração do procedimento, o procurador da República em Santos, Thiago Lacerda Nobre, é o mesmo que viabilizou a prisão do ex diretor-presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), José Alex Botelho de Oliva, e de outros dois diretores da estatal em outubro de 2018

  • Segundo denúncia anônima, houve fraude na composição do consórcio que venceu a licitação do contrato de arrendamento

  • Ação está parada na Justiça Estadual aguardando decisão do STJ; em 2018 companhia se tornou empresa pública federal, devendo ser processada na esfera federal

  • A falta de transparência no caso de arbitragem que irá definir como será resolvida a dívida da Libra Terminais com a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) deixa de cabelos em pé uma sociedade traumatizada por tantas denúncias de corrupção que mancham o sistema político brasileiro

    libra term santos

  • O Terminal Marítimo de Passageiros do Porto de Salvador já foi licitado e o Terminal Marítimo de Passageiros Concais S.A. no Porto de Santos está com sua renovação antecipada de contrato.

  • Ogarito assumiu a direção do Departamento de Outorgas Portuárias da Secretaria Nacional de Portos em janeiro de 2017, indicado pelo ex-ministro e ex-deputado federal - atualmente na prisão -Geddel Vieira Lima (PMDB)

  • Além da reestruturação e dos objetivos de crescimento da companhia CMA CGM, o texto aborda iniciativas no setor portuário e a mobilidade urbana precária no Brasil

    naviocmacgm

    semchao

  • O anúncio de privatizar a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), que administra o Porto de Santos, parece mera intenção de fomentar o mercado. Da forma como foi feito, sem um plano de negócio, faltam atributos para ser uma estratégia para dinamizar o mais importante complexo portuário do Hemisfério Sul.

  • Entre os portos que mais cresceram, destaque para o Porto do Itaqui, no Maranhão, totalizando 22.338.213 toneladas em 2018 e crescendo 16,87% no volume total em relação ao ano anterior

  • O projeto da ponte da Ecovias que liga as duas margens do Porto de Santos (SP) vem recebendo críticas sobre os possíveis impactos ocasionados. Entre eles estão os danos à natureza, limitações ao futuro do porto e do aeroporto civil, além da real contribuição à sociedade.

  • A inédita iniciativa reunirá pesquisadores de Argentina, Espanha, Portugal, Alemanha, Chile, Uruguai e, claro de diversas regiões do território nacional. O Portogente estará presente na primeira mesa de trabalho, cujas atividades serão coordenadas pelo jornalista Bruno Merlin

  • Nesta semana, uma operação conjunta organizada pela Polícia Federal, Receita Federal e pelo Grupamento de Patrulha Naval da Marinha encontrou 1.322 quilos da droga, dividida em 1.202 tabletes, dentro de 41 malas escondidas em embarcação atracada no porto santista

  • Hoje o diálogo sobre o projeto da ponte que liga as duas margens do Porto de Santos (SP) se dá em vários âmbitos. O primeiro deles é estadual e envolve a Ecovias e o Governo do Estado – especificamente a agência reguladora de transportes (Artesp) e a Secretaria de Logística e Transporte.

  • As restruturações que vem sendo realizadas, a 45 dias do presidente eleito Jair Messias Bolsonaro tomar posse, passam a impressão de desmonte da empresa para causar problema ao novo governante. Convém destacar que como coordenador do Grupo de Trabalho e assessor especial do MTPA sobre os contratos de dragagem, Luiz Fernando manifestou-se favorável à possibilidade de passar esse serviço à iniciativa privada

  • O Porto de Santos (SP) lançou, recentemente, um programa de capacitação ao seu corpo técnico, em diversas áreas afetas à gestão portuária, em parceria com o portal de logística Portogente. Ao ampliar essa iniciativa aos colaboradores da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), em sintonia com os seus interesses, objetivos e estratégias, vai contemplar todo o seu setor portuário. Sem dúvida, um passo inovador e fundamental para a produtividade do capital.

    Portogente é hoje o maior e mais acessado portal de transportes e logística do Brasil, com alcance internacional, e conta com mais de 83 mil alunos inscritos. Seus cursos ministrados online, por meio de plataforma avançada permite ao aluno acesso aos conteúdos, tirar dúvidas, participar de bate-papos e de fóruns, receber orientação e ser avaliado em quaisquer hora e local. Detalhes que fazem a diferença nos dias de hoje.

    O comércio global e a globalização são determinantes de centenas de variáveis, entre as quais a maneira de fazer comércio. Encolher o tamanho do mundo, aumentando a velocidade ou a capacidade dos navios, é um modo de tornar mais ágil a cadeia de suprimentos. Em suma, reduzir ao mínimo o tempo em que o capital de giro fica atrelado a mercadorias em trânsito.

    Aumento dos navios e consequente demanda de maior velocidade dos portos e terminais resultam em pressão nos custos operacionais e dos investimentos. Ante esse cenário de mudanças, a primeira tarefa da administração é definir quais os resultados esperados do empreendimento a seus cuidados.

    A recem empossada diretoria do Porto de Santos ao profissionalizar a gestão da empresa, ao investir na motivação, satisfação e produtividade das pessoas, demonstra que, lembrando Peter Drucker, o meio de produção é o conhecimento. Ao tratar os custos de mão obra como investimento, a Codesp produz resultados para modificar a sociedade. Exemplo de administração a ser seguido.

  • O Porto de Santos (SP) bateu já em novembro o recorde anual de movimentação de cargas, ultrapassando o resultado total obtido em 2015. Foram 119,95 milhões de toneladas que passaram pelo cais santista em 2017, contra 119,96 milhões do recorde anterior, de acordo com números levantados pela Gerência de Estatísticas da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp).

  • O Porto de Santos (SP) iniciou o ano de 2018 retomando as taxas de crescimento recorde na movimentação de cargas. Embarques e desembarques somaram 8,99 milhões de toneladas, o melhor resultado histórico para o mês de janeiro.