• O canal de acesso ao mais importante porto do Hemisfério sul, o Porto de Santos, separa duas cidades onde situam-se as margens portuárias. Por isso, o sonho de uma ligação seca é acalentado há mais de um século.

  • A Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), a Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim) e a Associação Brasileira de Terminais e Recintos Alfandegados (Abtra) assinaram na manhã na segunda-feira (21) um acordo de cooperação técnica visando a inserção de informações do Manual de Atendimento a Emergências com Produtos Perigosos, da Abiquim, no Banco de Dados de Produtos Perigosos.

  • Acordo de Cooperação Técnica para inserção de informações do Manual de Atendimento a Emergências com Produtos Perigosos no Banco de Dados de Produtos Perigosos será assinado, nesta segunda-feira (21/08)...

  • O setor portuário brasileiro perdeu um dos seus grandes nomes. Sérgio Matte, falecido no dia 20 de fevereiro último, foi o primeiro presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) a partir de 1980, permanecendo no comando do maior porto da América Latina até 1985. Recentemente, em dezembro de 2015, em comemoração ao Dia do Engenheiro, o atual presidente da companhia, José Alex Botêlho de Oliva, prestou homenagem ao grande homem dos portos. “Tive o privilégio de conviver com Matte e tenho certeza que seu comprometimento com a profissão, sua seriedade e sua dedicação para que o Porto de Santos se consolidasse como o maior da América Latina jamais serão esquecidas e pela qual seremos eternamente gratos”, ressaltou Oliva.


    Sergio Matte Codesp
    A professora e especialista em logística, Hilda Rebello, da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), também prestou sua homenagem pelas redes sociais, ao transcrever uma das mais repetidas frases de Matte: “A história das nações é escrita com o trabalho de seus filhos, com a riqueza do seu solo e com o movimento dos seus portos.”

  • O encontro acontece a partir das 14 horas no Anexo II da Câmara, em iniciativa do deputado federal João Paulo Tavares Papa (PSDB-SP). Sob intervenção federal desde 2011, o atual déficit do Portus é de cerca de R$ 3,5 bilhões

  • No movimento acumulado do primeiro quadrimestre, os embarques caíram 4,6%

  • Ao completar os cem primeiros dias da arrastada indicação política de Casemiro Tércio Carvalho para assumir a presidência da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), a administradora do Porto de Santos, o que mais marcou esse período foi o descompasso da Autoridade Portuária com a sua comunidade.

  • O diretor-presidente, Rondon Brandão do Vale, garantiu que irá aplicar milhões de recursos financeiros em projetos, obras, manutenção de equipamentos, retomada da ampliação do quebra-mar, execução de dragagens, dentre outros

    codeba41anos

  • A direção da empresa planeja uma seleção de pessoas jurídicas para "a execução de obras e serviços de recuperação estrutural do cais e dolfins existentes, contenção de talude, instalação de passarelas metálicas e construção de um dolfim de amarração, na Ilha Barnabé" e também para "assessoria técnica à fiscalização no gerenciamento e acompanhamento da qualidade" dessas mesmas obras

  • O objetivo, segundo a Gerência de Comunicação da Autoridade Portuária, é destacar as principais ações realizadas e aquelas previstas para o segundo semestre.

  • O diretor-presidente da Autoridade Portuária ressaltou, em tom de orgulho, o lucro líquido de R$ 68 milhões registrado pela Companhia no primeiro quadrimestre de 2019, para o qual contribuiu ao ter a nomeação aprovada pelo Conselho de Administração (Consad) em 25 de fevereiro

  • A Autoridade Portuária tem por objetivo a retomada da normalidade nas operações portuárias, o mais breve possível, a fim de que a economia e o comércio exterior brasileiro não continuem a sofrer prejuízos decorrentes do referido movimento

  • Há um estranho confronto de informações entre a diretoria da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) e a Granel Química envolvendo a capacidade de movimentação de líquidos no Porto de Santos.

  • O compromisso verbal foi feito em encontro do diretor-presidente, Casemiro Tércio Carvalho, com a deputada federal Rosana Valle (PSB-SP), realizado na última semana. Apenas 2 dos 14 terminais de granéis atendem à legislação exigida pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), criada com o intuito de evitar a dispersão da poeira e do mal cheiro das operações

  • O projeto básico precisa atender ao disposto no projeto funcional elaborado pela Codesp. As obras fazem parte de um conjunto de melhorias na entrada de Santos, executadas em uma parceria entre o Município, o Estado e o Governo Federal

  • A direção da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) anunciou, durante a Intermodal South America - maior evento de logística do continente americano - as intenções de conceder pacotes de serviços à iniciativa privada, agilizar o lançamento de editais para arrendamento de quatro áreas, reduzir o passivo do Portus, melhorar a eficiência de compliance da estatal e, até mesmo, estudar a abertura de capital por meio de uma Oferta Pública Inicial (IPO) de ações ao mercado

  • O dia de 31 de outubro, ao menos na Codesp, justificou ser a data em que se comemora o Halloween. Os membros do Consad passaram a manhã toda reunidos em reunião orinária previamente programada. Em razão das prisões, a pauta principal passou a ser o comando do Porto de Santos e as substituições foram rapidamente ajustadas

  • O Consad, por meio da Assessoria Especial do Ministério da Infraestrutura, respondeu por e-mail nesta segunda-feira, dia 10 de junho, ter conhecimento do relatório do TCU e alegou estar "adotando todos os procedimentos necessários para a análise do caso", além de de acompanhar todas as medidas tomadas pela diretoria da Autoridade Portuária de Santos

  • Por que a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), que participa de um processo de arbitragem na Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CCBC) para cobrança de uma dívida de mais de R$ 2,8 bilhões da Libra Terminais com o Porto de Santos, firmou o contrato Dipre 37.2018 com o escritório do competente advogado e professor titular da USP, Dr. Floriano de Azevedo Marques Neto, que em 2004 elaborou parecer “sugerindo diminuição dos encargos atribuídos à arrendatária”? 

  • O objetivo do curso foi qualificar os participantes para o exercício de tarefas de Radioperador Geral, de acordo com a Regra IV/2 da Convenção Internacional STCW-1978 e suas emendas, bem como as normas da Autoridade Marítima Brasileira no tocante ao socorro e salvamento de pessoas e embarcações em situações de emergência