Caros leitores,
Neste artigo, na continuação do tema ”embarcações a vapor” , abordaremos a navegação no Brasil nos 13 primeiros anos do Século XX.

************************

Navio vaporVapor Aspirante Nasciment0 ex-Yapock ex-Venus construído em 1905
Fonte:http://silvares.fotoblog.uol.com.br/photo20060604195807.html


No começo do Século XX a frota do Lloyd Brasileiro foi de 74 embarcações com navios construídos a partir de 1900 até 1913. Do total da frota de 74 navios, 31 deles, ou seja, 42 %, foram presas de guerras capturados dos alemães.

As dimensões dos navios desse período eram limitadas com comprimento em torno de 120 m, boca de 20 m e calado de 8,0 m. O porte dos navios também era pequeno quando comparado aos dias atuais, o TPB¹ já estava próximo das 10.000 toneladas, apesar da grande maioria da frota ser de porte menor.

A planilha apresentada a seguir descreve cada uma dessas embarcações com o ano de construção, toneladas de porte bruto (TPB) e breve informações sobre sua história, inclusive com a grafia da época:

¹ TPB ou DWT é soma de todos os pesos variáveis que um navio é capaz de embarcar em segurança. É constituído pelo somatório dos pesos do combustível, água, mantimentos, consumíveis, tripulantes, passageiros, bagagens e carga embarcados.

Referências:
http://www.portalnaval.com.br/noticia/livro-narra-a-historia-das-maiores-companhias-de-navegacao/
http://www.naviosbrasileiros.com.br/nmb/mensagem.html
http://silvares.fotoblog.uol.com.br/photo20060604195807.html

 

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente