Poucas semanas após a aprovação, pela Câmara de Comércio Exterior (Camex), da redução para 0% da importação de embarcações para o transporte de cargas, como o intuito de fomentar a cabotagem e, como consequência, colocando mais pressão na capenga indústria naval brasileira, será realizado o evento "A Cabotagem Brasileira para o Usuário", iniciativa que contempla o aniversário de cinco anos da Associação dos Usuários dos Portos do Rio de Janeiro (Usuport-RJ). As atividades terão como objetivo debater a cabotagem brasileira sob a perspectiva do tomador do serviço e serão realizadas no próximo dia 9 de dezembro, a partir das 9h, na Casa da Glória, no Rio de Janeiro.

posidonia cabotagem
Embarcação multipropósito da Posidonia Shipping

Leia também
* A hora e vez da cabotagem brasileira
* Uma breve história da cabotagem no Brasil

Estão confirmadas as presenças da senadora Kátia Abreu (PDT-TO), do secretário estadual de Transportes do Rio de Janeiro, Delmo Manoel Pinho, do diretor da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Adalberto Tokarski, do presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), Casemiro Tércio Carvalho, e do presidente da Praticagem do Estado de São Paulo, Carlos Alberto de Souza Filho, entre outras autoridades e representantes da iniciativa privada. O Portogente estará presente mediante a participação do editor Bruno Merlin no painel "A Praticagem e a Cabotagem".

A inscrição para o evento é gratuita, porém limitada, e deve ser realizada pelo endereço de e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. De acordo com a organização, comandada por André de Seixas (diretor-presidente), Euzi Duarte (diretora-executiva) e Abrahão J. Salomão (secretário para Assuntos de Transportes Marítimos) da Usuport-RJ, os usuários dos portos brasileiros recebem um serviço inadequado devido à uma matriz de transportes desequilibrada e pouco eficiente. O objetivo de qualquer medida governamental, defende a organização, deve visar o serviço adequado (previsibilidade, universalidade no acesso, eficiência, modicidade e pontualidade) ao usuário, sob pena de ser apenas uma releitura de tudo o que já se conhece até então e que, como já se sabe, não deu certo no País.

Programação detalhada e mais informações em www.usuportrj.org/cabotagem.html 

casadagloria
Construída no século XVIII, a histórica Casa da Glória vai sediar o evento

 

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s