• A indústria naval terá uma boa oportunidade de manifestar suas preocupações com o setor, no Logistique 2019, principal evento de logística e transporte multimodal no sul do Brasil, que acontece de 27 a 29 de agosto, em Joinville (SC).

  • A soldagem é essencial para a existência da sociedade como a conhecemos hoje em dia

  • Em sinergia com a política de desregulamentação proposta pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL), a recém-publicada Portaria busca auxiliar na revitalização da indústria naval brasileira, afetada pela suspensão da encomenda de embarcações via Petrobras, consequência dos resultados das investigações da Operação Lava-Jato

  • Poucas semanas após a aprovação, pela Câmara de Comércio Exterior (Camex), da redução para 0% da importação de embarcações para o transporte de cargas, fomentando a cabotagem e colocando mais pressão na capenga indústria naval brasileira, será realizado o evento "A Cabotagem Brasileira para o Usuário", iniciativa que contempla o aniversário de cinco anos da Associação dos Usuários dos Portos do Rio de Janeiro (Usuport-RJ)

  • São duas importantes alterações nas regras. A primeira diz respeito à inclusão da importação de mercadorias desembarcadas nos portos do Norte e Nordeste. A outra mudança é que os recursos arrecadados não serão mais exclusivamente investidos na Marcinha Mercante e na indústria naval brasileira

    camara insecao

  • Situado no extremo oeste da França, também na costa Atlântica, Brest é um pequeno porto comercial e centro da indústria naval. Próximo as grandes rotas de navegação e dispondo de ligações rápidas via rodoviária, ferroviária e aérea, o Porto de Brest oferece muitas vantagens aos seus usuários

  • O projeto também exige que parte das exportações americanas de petróleo bruto e de GNL(Gás Natural Liquefeito) sejam transportadas a bordo de embarcações de bandeira norte-americana, especificamente 10% das exportações de petróleo americano após 2032 e 15% das exportações americanas de GNL após 2040 

  • Foram aprovados, no dia 24 último, o montante de R$ 1,6 bilhão para financiamento de projetos da indústria naval no país. O valor foi estabelecido durante reunião do Conselho Diretor do Fundo de Marinha Mercante (CDFMM), do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação (MTPA).