• A longa história de Temer em Santos e os vagões ferroviários "fantasmas"

    Mar de lama da classe política chega ao Porto de Santos e compromete Grupo Rodrimar; Michel Temer já dominou as indicações à Codesp; alemães estudam criação de vagões ferroviários autônomos e com propulsão própria; Índia adotará energias renováveis em seus 12 portos públicos; Placar da Demurrage do Porto de Aratu

    vagaoautonomo

  • Cabotagem e usuários dos portos: vídeo exibe na íntegra debates em evento realizado no Rio

    O evento contou com as presenças da senadora Kátia Abreu (PDT-TO), do secretário estadual de Transportes do Rio de Janeiro, Delmo Manoel Pinho, do diretor da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Adalberto Tokarski, da chefe de gabinete do presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), Jacqueline Wendpap, e do presidente da Praticagem do Estado de São Paulo, Carlos Alberto de Souza Filho, entre outras autoridades e representantes da iniciativa privada

  • CMA CGM não pode condicionar devolução a demurrage

    A verdade é que temos, no Brasil, no setor de maneira geral, uma verdadeira indústria de sobre-estadias de contêineres, enchendo os bolsos de diversas empresas e estimulando a parasitagem de intermediários que colocam sobrepreços na cobrança. O frete? Este aí, há muito tempo, virou acessório, pois ainda tem os elevados ganhos com câmbios e as malditas e vergonhosas sobretaxas, rol que se inclui o Terminal Handling Charge (THC), que ainda será objeto de muitos problemas

  • Desconfianças e insatisfações acerca da Resolução 18 da Antaq

    O ano começou agitado e com muitas incertezas para as empresas de navegação, agentes intermediários e usuários dos portos brasileiros. O motivo da celeuma é a Resolução Normativa 18/2017, publicada pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) no Diário Oficial da União em 26 de dezembro

    naveg santos radar

  • Evento no Rio irá discutir cabotagem sob a perspectiva dos usuários

    Poucas semanas após a aprovação, pela Câmara de Comércio Exterior (Camex), da redução para 0% da importação de embarcações para o transporte de cargas, fomentando a cabotagem e colocando mais pressão na capenga indústria naval brasileira, será realizado o evento "A Cabotagem Brasileira para o Usuário", iniciativa que contempla o aniversário de cinco anos da Associação dos Usuários dos Portos do Rio de Janeiro (Usuport-RJ)

  • LOGÍSTICA BRASIL é a nova identidade da USUPORT-RJ e planeja expansão

    A mudança se fez necessária porque mais de 80% do trabalho da entidade se concentra em ações de âmbito federal e cerca de 95% de todas as atividades são realizadas em nome do interesse público e coletivo, que envolvem os setores portuário, de transportes e de logística

  • Presidente da Usuport-RJ critica concentração que eleva preço do frete na cabotagem

    O diretor-presidente da Associação dos Usuários dos Portos do Rio de Janeiro (Usuport-RJ), André de Seixas, contribui para os debates do Esquenta WebSummit Portogente falando a respeito da estratégia de atuação da entidade de classe em relação à navegação de cabotagem

  • Sobre-estadias de contêineres e a ajuda da Antaq aos armadores e intermediários

    As sobre-estadias de contêineres (demurrages e detentions) representam um dos mais elevados custos para os usuários, uma verdadeira sangria, com potencial de quebrar pequenas e médias empresas, que a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), covardemente, se recusou a regular deixando os embarcadores, exportadores e importadores entregues à própria sorte, nas mãos de armadores estrangeiros, em um mercado altamente concentrando, que se caracteriza por ser um oligopólio