O crescimento dos embarques de milho liderou o movimento recorde no Porto de Santos registrado em junho deste ano. A movimentação de cargas no principal complexo portuário da América Latina registrou 11.576.036 toneladas no sexto mês de 2019, superando em quase 5% a maior marca para o período, verificada em 2017.

santos porto naveg
Canal de navegação do porto santista - Foto: Autoridade Portuária de Santos

Leia também
* Presidente da Codesp busca criar clusters de cargas e garantir ambiente sadio a investidores
* Diretoria do Porto de Santos comemora lucro expressivo e controle de despesas

Em relação a junho do ano passado, o desempenho foi 6,7% superior, refletindo o aumento da movimentação nos dois fluxos – embarques e descargas. As operações de descarga, com aumento de 7%, tiveram crescimento ligeiramente superior aos embarques, cujo incremento na base anual foi de 6,5%.

Os embarques de milho totalizaram 1.242.249 toneladas, superando em quase 18 vezes o movimento apurado em junho de 2018. A forte alta foi puxada pelo expressivo aumento dos embarques da carga a granel (solta no navio).

O embarque de farelo de soja a granel, com 586.599 toneladas, e a descarga de adubo, com 466.654 toneladas, também apresentaram crescimentos de 88,3% e 35,3%, respectivamente.

O aumento da movimentação da carga conteinerizada foi outro destaque no mês de junho, com alta de 13,6% quanto à tonelagem e de 12,5% sobre o total de Twenty Equivalent Units (TEUs), para 3.916.137 toneladas e 356.993 TEUs, respectivamente.

A alta no total mensal seria maior caso não ocorressem as quedas nos embarques das cargas mais expressivas em participação, os complexos de soja e açúcar. Com 2.540.156 toneladas escoadas no mês, a soja declinou 16,6% em relação a junho de 2018, enquanto o açúcar, somando 1.307.723 toneladas, recuou 15,8% na comparação anual.

As informações são da Superintendência de Comunicação Corporativa da Autoridade Portuária de Santos.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s