Dia a Dia

A Bélgica é um país que reúne as maiores empresas especialistas no setor portuário do mundo. E de "olho" nesse mercado é que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva convocou uma delegação, que reúne diversas autoridades do país, incluindo o Espírito Santo. A ideia é apresentar o projeto de construção do Porto de Águas Profundas de Vitória.De todos os projetos existentes no Brasil, ligados ao setor portuário, dois foram escolhidos. Um é do Porto do Açu (RJ), da empresa LLX, do empresário Eike Batista. O outro é o Porto de Águas Profundas (ES), ideia dos trabalhadores portuários capixabas.De acordo com Ângelo Baptista, presidente da Companhia Docas do Estado do Espírito Santo (Codesa), a sua apresentação na Bélgica será dividida em duas partes. Num primeiro momento, ele irá apresentar o estado do Espírito Santo e sua vocação portuária. Em seguida, a dinâmica de crescimento na movimentação de contêineres, em índices comparativos a outros estados - o super porto de Vitória está sendo idealizado para a movimentação de contêineres. Ele adiantou que empresas internacionais, mesmo sem conhecer detalhes do empreendimento, já se mostraram interessadas.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Os serviços de dragagem de aprofundamento no Porto de Recife (PE) estão concluídos. O porto da capital pernambucana agora passa pela fase de levantamento batimétrico, para avaliar se os resultados estipulados foram alcançados. A batimetria é a atividade que realiza a medição da profundidade marítima de um local, e tornará público se o trabalho foi bem feito no canal de acesso ao Porto de Recife.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Todos foram unânimes em apontar como momento histórico para o Porto de Santos (SP) a assinatura do contrato da dragagem de aprofundamento, que aumentará a profundidade do canal de navegação do maior porto do Hemisfério Sul dos atuais 12,5 metros para 15 metros. Para mostrar a importância do empreendimento, o ministro dos Portos, Pedro Brito, fez questão de assinar o contrato com o Consórcio Draga Brasil na sede da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), em Santos, na manhã desta quarta-feira (30).

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Enquanto alguns portos lutam para iniciarem obras importantes, caso mais emblemático se dá no maior porto da América Latina e responsável por 27% do comércio exterior do País, o Porto de Santos (SP) espera o desenlace da questão da dragagem de aprofundamento do seu canal para receber navios maiores, outros portos se dão “bem na vida” (e parabéns para eles!).

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
O ministro Pedro Brito, dos Portos, assinou a Portaria nº 257, de 17 de setembro último, que aprova o Plano Geral de Outorgas (PGO) para exploração de portos organizados e terminais portuários marítimos de uso privativo proposto pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). Mas em caráter transitório. E ainda determina a revisão do PGO no prazo de 15 meses. A Portaria foi publicada no Diário Oficial da União, no dia 18, à página 40.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website