1. Introdução

          Já é de conhecimento geral que produtos idênticos podem ser transportados em grandes quantidades, seja em modal rodoviário, aéreo ou aquaviário, por meio de contêineres. Mas e quanto a produtos diferentes? Alguma vez já passou pela sua cabeça, por exemplo, transportar lâmpadas de diferentes tipos de uma única vez, todas juntas? Ou ainda, produtos mais distintos, como talvez vasos de cerâmica e talheres?

          Parece inviável imaginar algo desse tipo, mas a resposta é SIM. Desde que não necessitem de algum tratamento especial, como é o caso de produtos refrigerados ou cargas perigosas, produtos diferentes podem ser sim transportados juntos, e o nome deste procedimento na logística é consolidação de carga

2. Consolidação          

          A consolidação de carga existe principalmente para otimizar o valor do frete, se tratando de mesma localização ou mesmo cliente. De forma resumida, é o processo de agrupar pedidos com entrega e prazo equivalentes. Você pode ler mais sobre esse assunto, clicando aqui.

          É preciso que ocorra a consolidação de cargas previamente para que a desconsolidação de cargas seja realizada.

3. A Desconsolidação de Cargas

          A desconsolidação de carga, por sua vez, é o ato de separar em lotes menores a mercadoria consolidada. Assim é feita a distribuição total ou parcial da mesma. O processo também é conhecido como fracionamento de carga, e pode ocorrer de duas maneiras:

          • A mercadoria se mantem unitizada (paletizada) enquanto é armazenada. A fragmentação é feita conforme o estoque vai sendo separarado.

          •  A mercadoria chega paletizada e já é desconsolidada, sendo armazenada diretamente no local adequado.

Figura 1: Caixas e pallets
Mercadoria unitizada e dividida em lotes menores.

          É importante ressaltar que todo o procedimento deve ser controlado rigorosamente para que não hajam perdas ou despacho realizado de forma errônea.

 

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s