Caros leitores,
Após relatarmos os 103 anos do Lloyd Brasileiro, neste artigo, iremos abordar as características da frota da Marinha Mercante Francesa.

marina marchande 1939 1940 anglo O paquebot Anglo na véspera da 2ª Grande Guerra Mundial
Fonte: La Marine Marchande Française – 1939- 1940 – Marines Editions – França - 1996

Na data de 1º de setembro de 1939, a frota mercante francesa contava com 664 embarcações com uma tonelagem total de 2.726.911 toneladas, com a seguinte composição:

SS quadro

Na época, a França ocupava a 8ª colocação no ranking mundial após Holanda, Inglaterra, Estados Unidos, Japão, Noruega, Alemanha e Itália.
Entretanto, era uma posição que parecia injusta face a importância de sua localização geográfica , da grande nação marítima e industrial e a 2ª potência colonial, que mostrava os reflexos da 1ª Grande Guerra Mundial, 1914 a 1918, cuja crise de 1931 ainda não tinha permitido que a Marinha Mercante tivesse sido renovada.
Se compararmos com os navios do Lloid Brasileiro, apresentado no artigo Navegação a vapor de 1914 a 1938, verifica-se que tinham as mesmas características, pois o porte máximo não ultrapassava as 10.000 toneladas, e a maior parte deles incorporados como presa de guerra.

Referências:
La Marine Marchande Française – 1939- 1940 – Marines Editions – França – 1996- Marc SaibÈne, Jean-Yves Brouard e Guy Mercier.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente