O volume de carga de navegação fluvial e lacustre na América do Norte está sujeito à influência dos níveis da água, tanto do período de cheias como de secas, como tem mostrado a experiência dos últimos anos. O Rio Mississippi, a hidrovia mais utilizada da nação norte-americana, movimenta grandes volumes de produtos agrícolas e de petróleo e seus derivados, entre os mercados domésticos e os portos marítimos. Em 2011, segundo o Usace (United States Army Corps of Engineers), aproximadamente 500 milhões de toneladas trafegaram ao longo do Rio Mississippi.

* Leia "A navegação fluvial no Rio Mississippi - parte 1"
* Leia "A navegação fluvial no Rio Mississippi - parte 2"


Terminal Graneleiro da Cargill – Terre Haute – Rio Mississipi – 1993


Silos e instalações portuárias da Cargill em Saint Louis – Rio Mississipi – 2012

Segundo estatísticas do BTS (Bureau of Transportation Statistics), referentes ao ano de 2009, em todo o território dos Estados Unidos da América o transporte hidroviário movimentou 12,2% das cargas, cabendo à navegação fluvial e lacustre 7,2%, conforme mostra a listagem abaixo.

32,3% - rodoviário
39,1% - ferroviário
12,2% - hidroviário

5,0% cabotagem
0,9% lacustre
6,3% fluvial

16,1% - oleodutos
0,3%  - aéreo

Referências
http://pt.wikipedia.org/wiki/Rio_Mississippi

http://www.antaq.gov.br/portal/pdf/Palestras/ForumHidrovias2009/Painel1/NavegacaoFluvialUSACENov09Portugues.pdf

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
O que você achou? Comente