Meio Ambiente

No dia 2 de outubro acontece o lançamento do Fórum Comunitário de Resíduos Sólidos de São Carlos. Trata-se de um movimento organizado por um conjunto de entidades da sociedade civil para construir, de maneira democrática e participativa, um projeto para a gestão de resíduos a longo prazo, que vise à reorganização da coleta seletiva, o fortalecimento de cooperativas e o gerenciamento do lixo em consonância com as Políticas Nacional e Estadual de Resíduos Sólidos.

A agricultura orgânica ganha cada vez mais espaço na cadeia agrícola brasileira. Em 2014, ela movimentou cerca de R$ 2 bilhões e a expectativa é que em 2016 este número alcance R$ 2,5 bilhões, segundo o setor. O mercado nacional de orgânicos espera crescer entre 20% e 30% no ano que vem.

No dia 25 último, a Fundação SOS Mata Atlântica realizou um evento em comemoração aos 15 anos de atuação com Restauração Florestal, no Centro de Experimentos Florestais SOS Mata Atlântica – Brasil Kirin, que fica no município de Itu, interior de São Paulo. Estiveram presentes secretários de meio ambiente e autoridades do governo do Estado, além de homenageados, parceiros e convidados da ONG. Tiago Ariosi, apresentador da TV Tem da região, foi o mestre de cerimônias voluntário.

A partir de 19 de outubro, a Agência Nacional do Petróleo (ANP) exigirá dos postos de gasolina a licença ambiental de operação e o laudo de vistoria do Corpo de Bombeiros, como documentos obrigatórios. Em decorrência disso, cerca de 16 mil postos de combustíveis em todo o Brasil correm o risco de fechar. Para Júlio César de Almeida, engenheiro da J.Almeida Engenharia, a "importância dessa determinação diz respeito a se procurar evitar, entre outros itens relacionados à segurança, a contaminação do lençol freático, rios e nascentes, em casos de vazamentos".

O Grupo de Pesquisa em Espécies Hortícolas e Paisagismo (GPHP) do Campus Araras da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) realiza nos dias 6 e 7 de outubro o II Simpósio de Ecopaisagismo e Floricultura no Anfiteatro do Centro de Ciências Agrárias (CCA), instalado no Campus.

O objetivo do evento é desenvolver a teoria e a prática referentes a soluções verdes para os centros urbanos, proporcionar trocas de conhecimentos entre profissionais, empresas, pesquisadores e interessados na área de forma a ampliarem os conhecimentos sobre o assunto, além de promover o paisagismo como forma de melhoria da qualidade de vida e benefícios ambientais. 

No dia 6 de outubro, às 8 horas, começa o credenciamento dos inscritos. Às 9 horas o diretor da HC2 Gestão Ambiental Sustentável, Geraldo Eysink, apresenta a palestra "O desafio da sustentabilidade energética". Às 13h30, Thiago Guedes Penha Mena, engenheiro agrônomo e cooperador técnico junto à Associação Brasileira do Agronegócio de Flores e Plantas (ABAFEP) e Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas (ABCSEM), ministra a palestra "Certificação de sustentabilidade na produção de flores". Logo após, às 15 horas, Zayame Vegette Pinto, da Ballagro Agro Tecnologia, apresenta "Uso do controle biológico na floricultura". Finalizando as atividades do dia, Vaner da Silva, diretor-presidente da empresa Ecojardim, apresenta a palestra "Empreendedorismo na produção de flores e paisagismo", das 17 horas às 18h30.
 

No dia 7 de outubro a programação começa às 8 horas com palestra do engenheiro agrônomo Arien Van Vliet, "Produção de flores em vaso". Às 10 horas, Everton da Costa, engenheiro agrônomo da Terra Viva, apresenta a palestra "Produção de flores de vaso: Amaryllis". Após o almoço, às 13h30, a professora Solange Aragão apresenta a palestra "O projeto paisagístico: entre a arte e a técnica". Das 16 às 18 horas haverá o minicurso "Utilização de PET's no cultivo de plantas ornamentais".

As inscrições podem ser feitas até o primeiro dia do evento, mas até 28 de setembro os valores da inscrição têm preços especiais. O minicurso será cobrado separadamente. Os interessados podem se inscrever na cantina do CCA das 12h30 às 14 horas ou no intervalo do período noturno ou via email [email protected] A programação completa está disponível na página do GPHP no Facebook.