• Belém recebe o 41º Encontro Nacional de Praticagem

    Nos próximos dias 28 e 29 de novembro será realizado o 41º Encontro Nacional de Praticagem, em Belém, capital do estado do Pará. Temas como segurança da navegação, capacitação, logística e infraestrutura portuária estão na programação que será apresentada por representantes da Marinha, de universidades e dos próprios práticos, responsáveis pelo assessoramento dos comandantes das embarcações em manobras em águas restritas

  • Aeroporto de Belém recebe certificação

    Pronto para realizar operações mais importantes com aviões que partem ou chegam de Belém (PA), o Aeroporto Internacional de Belém/Val-de-Cans recebeu a certificação operacional da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

  • As soluções paulistas para as rodovias

    As soluções para atrair parceiros privados para o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo foi um dos temas abordados, nesta segunda-feira (21/08), pelo diretor geral da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), Giovanni Pengue Filho...

  • Assinada ordem de serviço para dragagem de aprofundamento do Porto de Fortaleza

    Com a chegada do equipamento vindo do Porto de Maceió, as obras começam ainda este mês julho e devem ser concluídas até outubro. A empresa belga Jan de Nul, vencedora da licitação, com valor de R$ 20,4 milhões, será a responsável pela obra

  • Berços públicos em Itajaí cresceram 29% no bimestre

    Como previsto pelo setor de Estatísticas e Gerência de Operações da Superintendência do Porto de Itajaí (SC), o primeiro bimestre de 2018 demonstrou o que se previa quanto a sua movimentação portuária do Complexo.

  • Bolsonaro escolhe ministro favorável a privatizações e ex-diretor do governo Dilma

    A partir do próximo ano, reunidos na futura nova pasta da Infraestrutura, os segmentos de Transportes, Portos e Aviação Civil passarão a ser comandados pelo ex-diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Tarcísio Gomes de Freitas, conforme publicação do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) no Twitter nesta terça-feira, 27 de novembro

  • Brasil sediará Fórum Mundial da Água

    O Brasil sediará, entre os dias 18 e 23 de março, a 8º Fórum Mundial da Água, grande evento sobre a sustentabilidade da água organizado pelo World Water Council (WWC, sigla em inglês para Conselho Mundial da Água).

  • Cabotagem atrai produtores e comerciantes

    Nas "águas" do Programa de Estímulo ao Transporte de Cabotagem – BR do Mar, iniciativa do governo Bolsonaro, Nelson Carlini faz, em artigo exclusiva publicado no Portogente, uma análise com precisão da conjuntura da nossa navegação costeira.

  • Carros elétricos terão estações de recarga na Via Dutra

    Até final de março do ano que vem seis estações de recarga de veículos com propulsão elétrica serão instaladas na Via Dutra, rodovia que liga as capitais São Paulo e Rio de Janeiro. A construção será da fabricante de automóveis e motocicletas BMW Group e da empresa do ramo energético EDP.

  • CNT aponta piora na qualidade das estradas

    A Confederação Nacional do Transporte publicou pesquisa sobre o estado geral das rodovias brasileiras e suas infraestruturas de apoio.

  • Companhias Docas deixaram de investir R$15,7 bilhões entre 1995 e 2018

    Entre 1995 e 2018 as companhias docas brasileiras deveriam ter investido R$ 24,4 bilhões (valores atualizados para janeiro de 2019), conforme dados obtidos nos Balanços Anuais da União. Apesar dessa previsão orçamentária, o Governo Federal investiu apenas 26,4% desse valor, pouco menos de R$ 8,7 bilhões

  • Concessões e agilidade na liberação de cargas entre as bandeiras do primeiro deputado cego do Brasil

    Em entrevista concedida por telefone ao Portogente, o deputado federal Felipe Rigoni (PSB-ES), eleito com 84.405 votos aos 27 anos e na primeira vez que concorreu ao cargo (perdeu o pleito de 2016 para vereador em linhares, sua cidade natal), impressionou a reportagem pelos sólidos conhecimentos que detém sobre infraestrutura e logística

  • Descentralização dos portos antes de pensar em privatização

    Parece sem retorno a decisão do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, de privatizar as autoridades portuárias no Brasil. É uma mensagem inequívoca de pôr um fim à ingerência política nas decisões, à base de propinas, das administrações dos portos.

  • Desconfiança como fator limitador

    Empresas americanas conseguiram reduzir de 10% para 8% do PIB americano os custos em logística durante a recente crise econômica, enquanto o Brasil viu os mesmos aumentarem no período, alcançando 11,7% em 2014.

  • Evento discute necessidades do agronegócio

    Representantes do agronegócio, entidades, cooperativas, empresas de máquinas e insumos agrícolas, produtores rurais, técnicos e pesquisadores estarão reunidos, na segunda-feira (19), no Ato pela Agricultura: Alimento, Renda e Futuro!”, para debater problemas, soluções e conhecimentos do setor.

  • Eventos debaterão soluções para modais logísticos

    Para promover intercâmbio de estudos e técnicas de conservação, trânsito, mobilidade e logística dos diversos modais, três eventos conjugados estão previstos para o ano que vem em São Luís, no Maranhão.

  • Ferrogrão traz à baila uma governança engripada

    A expectativa era grande com relação ao início do processo licitatório para concessão da Ferrogrão (EF-170), uma das espinhas dorsais da acalentada e genericamente denominada “Saída-Norte”. Uma aparente quase unanimidade tem agora futuro sombrio com a recente recomendação do Ministério Público Federal – MPF para anulação das Audiências Públicas agendadas pela ANTT

  • Fórum americano discutirá projetos portuários

    O 3º Fórum Latino-Americano de Portos - Latam Ports reunirá no Panamá, nos dias 11 a 12 de abril, autoridades portuárias, companhias de navegação, desenvolvedores de projetos de infraestrutura, empresas de construção, operadores de portos e terminais, investidores e funcionários de governo de Estados Unidos, México, Brasil, Chile, Colômbia, Peru e dos países da América Central.

  • Freddy Bussinger: Brasil está limitado aos TUPs "dedicados"

    Ainda hoje, a esmagadora maioria dos Terminais de Uso Privado (TUPs) no Brasil trabalham como  “subespécie” de TUPs: os TUPs “dedicados”. Ou seja, aqueles integrantes de uma dada cadeia logística, por sua vez parte integrante de uma cadeia produtiva (mineração, petróleo e gás, celulose etc)

  • Governo quer acelerar 69 projetos de desestatização via PPI

    O setor logístico e de infraestrutura promete ser um dos mais agitados do Brasil em 2019. O governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) promete acelerar concessões de ativos à iniciativa privada e realizar estudos, por meio da Empresa de Planejamento de Logística (EPL), para arrendar terminais portuários, ferrovias, estradas e aeroportos por meio do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI)