Caros leitores,

Hoje, iremos escrever sobre o porto fluvial de Lille, a principal cidade francesa junto à fronteira belga. O Porto de Lille está ligado ao Porto de Dunquerque pelo Canal Dunquerque-Escault, o qual permite a navegação de embarcações de grande gabarito com 1.350 toneladas.



História

Mapa antigo da fortificação da vila de Lille

             Surgiu em uma ilha fluvial do Rio Deule, no século XII já era capital dos flandres. Tornou-se francesa em 1667. Conquistada pelo anglo-germânicos e pelos holandeses em 1708, voltou a ser flamenga em 1713. Foi bombardeada pelos austríacos em 1792 e ocupada pelos alemães nas 2 guerras mundiais.
Importante centro tradicional da indústria têxtil também possui indústrias metalúrgicas e químicas importantes.

Mapa da vias fluviais do norte da Europa

               Criado em 1948, o Porto de Lille se tornou em algumas décadas um importante centro de logística e de negócios. Hoje, o porto é constituído por uma rede de plataformas portuárias distribuídas na Metrópole Lilloise. Essas plataformas são multimodais e dispõe de no mínimo 2 modos de transporte, rodo-fluvial, e as mais importantes são trimodais, rodo-ferro- fluvial.

Trem de contêineres no porto de Lille

               O sítio original do porto de Lille se estendia por 85 hectares ao longo do Rio Deule, Dele em português, abrangendo os territórios das comunidades de Lille e Loos. Atualmente as atividades portuárias abrangem também as localidades de Santes, Wambrechies, Halluin, Houplin-Ancoisne, Harnes, Marquion, Arques, Loos-Sequedin e La Bassée et Marquette, totalizando uma área adicional de 335 hectares.

 

Importância do porto e sua movimentação de cargas

               A movimentação agro-alimentar, onde o trigo se destaca como principal produto, tem suas instalações, silo, pátios e cais, em Santes.

               O Halluin Conteneurs Terminal e o Lille Conteneurs Terminal, estão conectados através de ferrovia, hidrovia e rodovia com todos os todos do Mar do Norte, fato que permitiu ao Porto de Lille, movimentar 88.093 TEU em 2004.

Terminal de contêineres do Porto de Lille com acesso trimodal

 

             O Porto de Lille está ligado ao Porto Autônomo de Dunquerque através do serviço oferecido pela Nord Container Service, em associação com outros portos regionais, faz o fluxo de feeder (alimentador) entre os portos de Dunquerque, Havre, Felixstowe e Rotterdam.

Equipamento de movimentação de contêineres do Porto de Lille

 

               As 7.697.617 toneladas movimentadas em 2004 colocaram o Porto de Lille como o 3º porto fluvial da França, atrás apenas de Paris e Strasbourgo.

porto de lille fig 6

Vista aérea das darsenas do porto fluvial de Lille

              As plataformas logísticas do Porto de Lille atraíram uma série de indústrias, a exemplo da BTP e da Societé Invivo do setor agro-alimentar, além de diversas empresas ligadas às atividades de logística, transportes e serviços, face à facilidade e qualidade das instalações oferecidas.

              O Porto de Lille, em parceria com a Comunidade Urbana da Região Metropolitana de Lille e Vias Navegáveis da França (VNF), estão desenvolvendo um projeto pioneiro, que visa aumentar a reciclagem do lixo, urbano e industrial, e realizar todo o transporte desse tipo de material em contêineres, por via fluvial, aliviando com essa atitude o tráfego e o meio ambiente.

Embarcação fluvial transportando contêineres

 

 

Referências bibliográficas:

L' Office National de la Navigation, La voie navigable: une voie d'avenir. Paris: Automedon, 1980. 56p.

Robin, C., Bergeaud, C. Le français par la méthode directe
– Deuxième livre. Paris: Librairie Hachette, 1951. 186p.

Henry, B.,Henry M. Voyageurs aux longs jours. Paris: Les Éditions Arthaud, 1982.21

Site www.portdelille.com, acessado em 6 de março de 2006.

Grande Enciclopédia Larousse Cultural – Librairie Larousse - 1988

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s