A cada mês que passa, o número de leitores do Portogente aumenta consideravelmente, chegando a ultrapassar 1,5 milhão de acessos por mês, nas diversas seções do portal. Digo isso em razão de no último sábado, na festa de aniversário da Sra. Osnilda Blume, proprietária da tradicional Casa das Bananadas, colada ao ícone de São Vicente, a Ponte Pensil. À sra. Osnilda os sinceros parabéns do Portogente.

Conversava com amigos sobre os mais variados armadores e navios que escalavam o Porto de Santos, quando um deles perguntou se eu lembrava da armadora estadunidense Moore-McCormack Lines, com sede na cidade de Nova Iorque. Respondi que sim. Diante da resposta dada, ele peguntou: "Porque você não escreve um artigo sobre essa armadora?".


Cartão-postal oficial da Moore-McCormack mostrando um cargueiro
da série C-3. Duas de suas características eram o nome da companhia
pintado no costado do navio e o grande número de mastros para o
sustento dos paus de carga. Coleção do autor.

Respondi que já havia escrito quatro artigos lembrando várias passagens da Moore-Mc, seus navios cargueiros e dos inesquecíveis navios de passageiros (Brazil, Argentina e Uruguay), bem como dos novos Brasil (com "S") e Argentina de 1958, que substituíram os antigos.

Perguntei a esse amigo se ele não havia lido os artigos e ele respondeu que era leitor do Portogente de um ano para cá, pedindo que reapresentasse um dos artigos. Diante dessa solicitação pensei: "quantos leitores não devem ter lido, também?".

Assim escolhi um dos artigos, que aqui repriso.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s