Clique aqui para ler a primeira parte deste artigo.

Em 5 de outubro de 1940 foram inauguradas novas instalações na Rua do Comércio, 3/5. Na época, Ernesto Oliveira Carneiro convidou seu cunhado, Antonio Pappacena, para fazer parte da sociedade.

Com o falecimento de Ernesto em 1957 e a aposentadoria de Antonio, entraram na sociedade os irmãos Ernesto Junior e Carlos Eduardo, respectivamente em 1962 e 1965. Em 1976, abrem uma filial no Gonzaga, junto ao conhecido Cine Iporanga, que funcionou até 1994.


Foto para posteridade, clicada no dia da reinauguração, no último 6 de
junho, onde estão diretores, funcionários e amigos. Foto: L. J. Giraud.

Entre 1983 e 1991, enquanto o prédio estava em reforma e restauração, a loja funcionou nos edifícios vizinhos, na Praça Rui Barbosa, 11/12.

Durante um período, o Centro entrou em decadência, mas apesar disso Ernesto e Carlos Eduardo acreditaram que a situação se reverteria e juntos reergueram uma das lojas mais bonitas da Cidade. Eles, porém, não abriram mão das características originais do prédio.

Foi uma das primeiras lojas do chamado Centro Velho, hoje Centro Histórico, a se engajar na luta em favor da memória de Santos. A nova Ao Camiseiro foi reinaugurada em 23 de outubro de 1991.

Vale recordar que, em 1993, Ernesto Junior foi agraciado com o Troféu Mascate de Lojista do Biênio, pelo Clube dos Diretores Lojistas de Santos, em reconhecimento à continuidade da loja mais tradicional de Santos.


Momento de alegria para Carlos Eduardo, rodeado por amigos, durante
o coquetel da reinauguração da mais tradicional loja de artigos
masculinos da Cidade. Foto: L. J. Giraud.

O inesquecível Ernestinho, como era chamado Ernesto Junior por todos que o conheceram, faleceu em 2001. Uma perda irreparável, pois era uma pessoa muito querida e admirada por todos.

Uma coisa é certa: não foi por acaso que Ao Camiseiro perdurou por todo o Século 20 e se mantém sólido neste início do Século 21!

A solidez se deve ao fato de os proprietários, ao longo das décadas, sempre agirem com convicção e sinceridade, além de oferecerem aos clientes – ou, melhor dizendo, amigos – produtos da melhor qualidade e bom gosto!


A belíssima vitrine da loja que faz parte da História de Santos,
voltada para a Praça Rui Barbosa, antigo Largo do Rosário.

Atualmente a loja é administrada pelos sócios Carlos Eduardo Pappacena Carneiro (o mais antigo), Ernesto Neto, Mariana Azzi Carneiro e Giovanna Bio Pappacena Caraneiro, a terceira geração.

Para o sempre jovem Ao Camiseiro, os sinceros parabéns da coluna Recordar do Portogente, pelas 85 velinhas que apagou e – com certeza! – continuará a acender e apagar ao longo dos anos.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s