O mar neste último domingo amanheceu encapelado. As ondas multiplicavam-se rapidamente, mas penso que elas não queriam lembrar a grande tragédia do navio Titanic, que há um século afundava no Norte do Oceano Atlântico. O que a dança das vagas mostrava era o clima de festa santista.

Foto: Bruno Merlin

Multidão santista invadiu a Praia do Gonzaga, no sábado (14,)
para celebrar o centenário do clube

A grande agitação, que tomou conta da cidade, para comemorar o centenário do clube, responsável por lançar aos quatro ventos o nome “Santos”.

Imagem: portal Terra

Santos Foot-Ball Club foi o nome proposto por Edmundo Jorge de Araújo na reunião do dia 14 de abril de 1912, data da fundação do clube. Naquele encontro, iniciativa de três esportistas locais (Francisco Raymundo Marques, Mário Ferraz de Campos e Argemiro de Souza Júnior), outros nomes tinham sido apresentados: África Foot-Ball Club, Brasil Atlético e Concórdia.

O historiador Guilherme Gomez Guarche, ex-trabalhador portuário, coordenador do Centro de Memória e Estatística do Santos Futebol Clube e autor de vários livros sobre o “Alvinegro da Vila Belmiro”, ressalta em sua coluna no site oficial do clube que no dia 15 de abril de 1912 o Diário de Santos publicava na primeira página a seguinte nota:

SPORTS
SANTOS FOOT-BALL CLUB

Fundou-se hontem nesta cidade, sob os melhores auspiciosos o "Santos Foot-Ball Club", com o elevado numero de 146 socios.

A reunião de fundação desse club sportivo effectuou-se na sede do Club Concordia tendo começado ás 2 horas da tarde, com a presença de muitos socios.

O primeiro jogo do Santos, registrado na história, foi o considerado treino de 23 de junho de 1912, quando venceu o Thereza Team por 2 a 1. No mesmo ano, no dia 15 de setembro, aconteceu o primeiro jogo oficial. O Santos venceu o Athletic Club (Clube dos Ingleses) por 3 a 0. As honras de ter marcado o primeiro gol oficial coube ao Arnaldo Silveira, o “Miúdo”.


Anúncio do jogo-treino de 23 de junho de 1912

A linha do tempo, que começa com a fundação do Clube em 1912, passa por seus principais ídolos, destaca a era Pelé e as três gerações de Meninos da Vila, pontuadas por Juary, Robinho e Neymar. É um século de história!

Foto: www.unisanta.br

Juary, ainda menino, ostentando a gloriosa camisa do Santos F. C.

Imagem: portal Terra

Neymarzinho aparece ao lado de Magali no desenho de Mauricio de Sousa

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s