A expressão tem sido utilizada para caracterizar as grandes reservas de petróleo e gás do chamado pré-sal; algo real. Mas também transmite, enganosamente, a ideia de que basta que se passe na agência lotérica para que o prêmio seja resgatado. Aliás, alguns até já imaginam "gastar por conta"...

 

Tecnologias, em muitos casos pioneiras; grandes volumes de recursos para investimentos e mão de obra especializada sempre foram fatores críticos a tais empreitadas. Por isso vem merecendo atenção específica.

 

Mas a esses fatores deve ser agregado um outro, não tão claro e difundido: a logística para tal exploração, que envolve tanto infraestrutura (no mar e em terra) como bem articulados sistemas de transporte, armazenagem e distribuição. Se para as explorações em terra isso já é algo bastante complexo, o que não se dizer daquelas em mar, onde as diversas unidades operacionais podem estar separadas por dezenas ou centenas de quilômetros, muitas vezes ainda tendo de enfrentar situações meteorológicas adversas?

 

A esse respeito, tudo indica que há grandes lacunas a serem preenchidas para que as metas e cronogramas propostos sejam efetivados. É o que constatou missão técnica, de dirigentes públicos e empresários, a portos e bases de apoio à exploração de petróleo e gás no Mar do Norte (UK, Escócia, Noruega e Holanda), no final do ano passado.

 

E pior: se as necessidades, a demanda, estão razoavelmente sistematizadas, como aponta o relatório da Comissão Especial de Petróleo e Gás, Cespeg para o Estado de São Paulo, pelo lado das ofertas há um longo caminho ainda a ser percorrido: há muitas indefinições quanto aos planos (onde localizar as bases), os projetos (desenho, equipamentos e operação), seleção de investidores e modelo de eventuais financiamentos e, principalmente, cronogramas factíveis.

 

Infelizmente a imprevisibilidade ainda ronda tão importante empreendimento. Isso porque há diversos obstáculos no caminho entre a descoberta do "bilhete premiado", que coroa mais de meio século de persistentes pesquisas brasileiras, e a possibilidade dos brasileiros usufruírem seus benefícios.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s