I
Desde meu tempo de faculdade, na primeira metade dos anos 90, acompanho o dilema difuso entre os jovens da Cidade entre permanecer na amada Santos, mas de limitações profissionais, principalmente em relação a salários, ou buscar trabalho em São Paulo, mudando para lá ou deixando horas diárias na ponte rodoviária.

Esse dilema ganha forma artística no cartaz desenvolvido pelo coletivoAction para o Varal do Design, que será realizado de 4 de maio a 2 de junho no Sesc Santos, cujo tema é a própria cidade. Além do cartaz do evento, a dupla à frente do coletivoAction, Raphael Morone e Rui Costa, faz parte da equipe de selecionadores. A curadoria do 1º Varal do Design é de Márcia Okida, designer gráfica, professora de design e coordenadora do curso superior de Produção Multimídia da Unisanta. O questionamento do cartaz do coletivo e o nível dos cartazes selecionados mostra como os recursos do Fundo Municipal de Cultura vêm sendo bem aplicados.

A partir do dilema ficar x ir embora que cerca a figura central, avistamos ao centro uma garrafa cujo rótulo questiona o recente lema de cidade e pergunta: “será que somos um município com OPORTUNIDADES para todos?”.

Esse tom entre o amor à cidade e a melancolia de quem sabe que ela poderia ser bem melhor é recorrente nos cartazes desenhados por Raphael Morone. Como exemplo de amor à cidade temos o cartaz #23, de 2008. Do outro lado, o cartaz seguinte, #24, “Cidade imprópria” que brinca com a inscrição das bandeiras vermelhas da Cetesb. Veja aqui a galeria completa.

Entre ficar ou ir embora, a decisão é sempre de cada um e não há opção correta. O cartaz da Action apenas concretiza o dilema em arte, não dá respostas.

Pós escrito
Sou fã dos cartazes do coletivoAction há algum tempo e já havia escrito sobre eles no texto “A elegância portuária”, motivo que me levou a convidar o Raphael Morone para fazer a capa de meu livro “Esquinas do Mundo: Ensaios sobre História e Literatura a partir do Porto de Santos”. Que suas obras possam ganhar cada vez mais o papel, e no tamanho em que merecem ser vistas.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s