Transporte / Logística

Veja quem é o novo ministro que estará à frente da Secretaria de Portos (SEP), conforme anúncio, nesta sexta-feira (1/10), pela presidente Dilma Rousseff.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
A Prumo concluiu na última semana o primeiro carregamento de bauxita no T-MULT (Terminal Multicargas) do Porto do Açu. O navio Turquoise Ocean, da Libéria, atracou no porto no dia 12 de setembro e desembarcou no dia 22. O navio, que é do tipo handymax, foi carregado com 33 mil toneladas de bauxita, que foi exportada para a China.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
A inauguração da exposição “Vista Esplêndida”, nesta sexta-feira (2/10), marca o início das comemorações, no Aeroporto Internacional de Belém/Val-de-Cans/Júlio Cezar Ribeiro (PA), do Círio de Nazaré 2015. Quarenta e cinco imagens, distribuídas em cinco painéis, colocam em evidência uma das referências culturais da capital paraense, o edifício Manuel Pinto da Silva, um dos mais antigos da cidade e local escolhido por muitas pessoas para ver a berlinda com a imagem da Nossa Senhora de Nazaré durante a procissão.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
O mercado de logística no Brasil, mesmo diante do atual cenário econômico desfavorável, tende a manter o ritmo de crescimento nos próximos anos. De acordo com estudo do BNDES, o setor pode alcançar a taxa de investimento de 22,2% do PIB nacional até 2018. A Localfrio vem trabalhando intensamente para acompanhar esta expansão.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Ativa, a indústria ferroviária tem mantido em 2015 o ritmo de lançamentos de soluções para o setor, que espera mais de R$ 6 bilhões de investimentos até dezembro e um faturamento de 5 a 10% maior que o obtido em 2014. Resultado da produção estimada em quatro mil novos vagões, 90 locomotivas e 420 carros de passeios, responsável por manter a cadeia de fornecedores com uma cartela real de pedidos. As novidades do mercado para o setor serão destaque no pavilhão de exposições da NT Expo - Negócios nos Trilhos, principal evento do setor metroferroviário da América do Sul, que acontece em novembro.Mais de 230 marcas nacionais e internacionais aproveitarão a oportunidade para apresentar as últimas tendências e inovações em equipamentos, infraestrutura, serviços e manutenção para os mais de nove mil visitantes qualificados,  interessados em realizar negócios com empresas fornecedoras da indústria férrea. Uma das empresas que integra a lista é a Imexbra Trading, especializada na fabricação de produtos ferroviários, que exibirá um sistema que reduz o consumo de diesel em marcha lenta. A tecnologia foi desenvolvida em parceria com a fornecedora romena, Tehmin-Brasov, fabricante de sistemas auxiliares para redução do consumo de combustível quando o trem está parado ou movimento no pátio. "É um sistema bem simples e traz um custo beneficio muito bom como a  diminuição de poluentes e queima de óleo e diesel", explica o diretor da Imexbra Trading, Alejandro Sicardi, destacando que a tecnologia reduz em 50% o consumo de combustível, 30% o consumo de óleo e custo da manutenção do motor, além de aumentar a disponibilidade da locomotiva em 20%.  Outra companhia expositora, a Schwihag-AG é líder em tecnologia inovadora de trilho e AMV. Os sistemas da Schwihag são utilizados em trens de alta velocidade e de carga, metrôs, sistemas metroviários ou bondes. O objetivo é otimizar a funcionalidade de AMVs e equipamentos de trilhos para reduzir custos de manutenção e proteger o meio ambiente. No segmento de peças e equipamentos a Comprem, maior fabricante de dormentes da América do Sul, lançará os novos modelos de dormentes AMV para vias sem lastro. O conjunto é formado por cinco tipos de blocos LVT e dormente TW-120 para VLTs. A Randon S.A. – Divisão Ferroviária,  fornecedora de vagões desde 2004, vai aproveitar o momento para estreitar ainda mais o relacionamento com seus clientes, evidenciando a tecnologia de ponta desenvolvida e utilizada para os modais ferroviário e metroviário de transporte de carga e de passageiros. A empresa já fabricou mais de sete mil unidades de vagões dos modelos hopper (graneleiro), gôndola, tanque, telescópico, sider e plataforma. "Apesar da conjuntura econômica brasileira adversa, o segmento ferroviário está ativo e a empresa está investindo no segmento", concluiu o diretor de exportação e marketing, César Alencar Pissetti, observando que a Companhia tem investido fortemente em tecnologia neste setor para manter sua competitividade no mercado.Público compradorPara se ter uma ideia do crescimento da cadeia produtiva, o número de profissionais que visita a feira em busca de produtos e serviços chegou a 9023 em 2014, acréscimo de 25% nos últimos anos se comparado à 2010, quando o evento registrou a presença de 6.967 visitantes. "É um público altamente qualificado, com capacidade técnica e poder de decisão. É este fluxo que faz com que a NT Expo continue na vanguarda entre os eventos do setor como oportunidade ímpar para geração de negócios, networking e discussão de tendências. Nesta edição, esperamos novamente superar este números com crescimento o dos negócios", aponta o gerente da feira, Renan Joel. Os operadores de cargas e passageiros respondem por mais de 25% da visitação e, na última edição, 66% dos visitantes participaram com o intuito de conhecer novos produtos, procurar novos parceiros e fechar novos negócios.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s