Domingo, 14 Julho 2024

Portos são valores patrimoniais altos com uso intensivo de capital

Os processos para autorização de TUP (Terminais de Uso Privativo) são conhecidos pelo prazo extenso e entraves documentais e, assim, repelindo investidores para um setor que é responsável por 95% do escoamento das exportações brasileiras. Alguns empreendimentos esperam 3 a 5 anos pelas licenças que permitem iniciar o processo de construção e operação de um Terminal. Doravante, o objetivo é concluir o processo em até 12 meses.

imagem1
Foto: Divulgação

Veja mais: Energia solar na neoindustrialização do Brasil - Portogente

Na última terça-feira, dia 18, o Vice-presidente Geraldo Alckimin e o Ministro dos Portos Silvio Costa lançaram o programa Navegue Simples que, nas suas duas primeiras etapas, foca a redução dos gargalos, nas Agências e Órgãos Governamentais que atrasam as outorgas dos TUPs e os arrendamentos de terminais. Assim, fazendo prática do lema do projeto: Inovar para descomplicar. Limitando o papel do governo a sua atribuição necessária.

Veja mais: A caminho do Porto de Santos offshore - Portogente

De pronto, autorizando iniciativas que fomentam investimentos em projetos estratégicos, como é o caso de R$ 1,6 bilhão no Porto de Suape, na implantação de um terminal de contêineres totalmente eletrificado e início de operação previsto até 2026.Um passo acertado, como marcha do progresso e política de Estado, pela função dos portos para o Brasil de imensa costa. Iniciativa que se constitui em reformas e maior produtividade do porto, alinhando operação e autoridade na construção de um posicionamento competitivo.

Veja mais: Energia solar, condomínios logísticos e política - Portogente

Há muito que fazer para melhorar o desempenho dos portos brasileiros. Na lista “Top 30 Container Ports – 2023”, não consta nenhum terminal do Brasil. Tecnologias como inteligência Artificial (IA), Internet das Coisas (IoT) e robótica são fatores que tornam mais ágil a movimentação de mercadorias. Consequentemente, pelas pressões globais, esses investimentos são fatores determinantes e mais importantes da vantagem competitiva. Com destaque, na integração da produção e logísticas.

Veja mais: Largada do Porto de Santos rumo ao futuro - Portogente

Portanto, é saudada a implantação da reforma proposta pelo programa Navegue Simples, para agilizar a estratégia corporativa e, consequentemente, fomentar investimentos em terminais portuários. Baseado em leis, decretos, portarias e etapas de reuniões até 2027, bem como incorporando a velocidade da Internet física, como uma nova visão do porto, no seu amplo papel de ponto nodal do comércio marítimo, nas escalas regional e internacional. Condição essencial para o porto do Brasil elevar a sua posição entre os portos do mundo.

Veja mais: Portogente debate a rota da seda através do Brasil - Portogente

Curta, comente e compartilhe!
Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*O Dia a Dia é a opinião do Portogente

Deixe sua opinião! Comente!
 

 

banner logistica e conhecimento portogente 2

EVP - Cursos online grátis
seta menuhome

Portopédia
seta menuhome

E-book
seta menuhome

Dragagem
seta menuhome

TCCs
seta menuhome
 
logo feira global20192
Negócios e Oportunidades    
imagem feira global home
Áreas Portuárias
seta menuhome

Comunidades Portuárias
seta menuhome

Condomínios Logísticos
seta menuhome

WebSummits
seta menuhome
 

 

 

ecoporto