Uma notícia dada a tempo pode neutralizar uma notícia sensacionalista

O Distrito Industrial e Portuário da Alemoa, encravado entre o Porto e a cidade de Santos, é uma demonstração do descaso com as práticas ESG (Ambiental, Social e Governança) no ambiente portuário e urbano. Sua situação precária e ameaçadora, sob a ótica estrutural, quanto operacional, hoje tem tolerância tendendo a zero. A solução desse problema começa por perceber que estamos no início de uma cultura de valorização do conceito de gestão, como um pacto global comprometido com o futuro.

Ultracargo Pg

Leia também
Construir o Porto de Praia Grande para o futuro do Porto de Santos

O debate dessa questão no principal porto do Hemisfério Sul, situado junto a uma cidade de pouco mais de 30 km² e onde estão instaladas 12 universidades, é imperativo entender a abrangência da expressão sustentabilidade. Incluindo o seu impacto sobre as marcas e os negócios, bem como são concedidos os licenciamentos para essas instalações sem rota de fuga adequada. Passados sete anos, permanece marcada a destruição terrível pelo incêndio de um tanque da Ultracargo nessa área, por descumprimento de normas e práticas ESG.

Leia também
Alemoa: imenso risco ao Porto de Santos

Definitivamente, o compromisso com as práticas ESG é como um voo de águia: constante, estável e longo. Uma cultura irreversível e comprometida com a vida no planeta. No debate por Portogente sobre o Distrito Industrial e Portuário da Alemoa, no Webinar em 13-10-20, foram destacados pontos importantes e que não têm o tratamento devido. Entretanto, são indispensáveis boas regras de comunicação no processo de gestão de riscos. O que não havia no caso do tanque da Ultracargo, para citar um exemplo.

Veja
* Webinar Condominio Alemoa um risco ao Porto de Santos

Informação ao público é um objetivo estratégico e ausente no acobertado Distrito Portuário da Alemoa. E as autoridades fiscalizadoras devem cumprir bem o seu papel nessa imposição. Além disso, valorizar o ponto de vista social dessa informação e não deixar ninguém sem resposta. Isto como norma, na crise ou normalidade, tratada como responsabilidade social. A complexidade dessa área, sob o aspecto operacional e sua localização conurbada precisa de luz do sol, para expor sua realidade com muita clareza.

Portopédia
Como é aplicada a sustentabilidade na atividade portuária

O setor financeiro vem incorporando novo papel na agenda ESG. Dos grandes bancos, assim como os médios e pequenos, aos investidores. As empesas que não atenderem a determinados requisitos, não terão créditos. Nesse sentido, avulta o papel das métricas, para expor política “greenwashing” maquiando seus dados ou causando riscos, como ocorre na Alemoa. Atualmente, isto causa perda de valor à marca.

Leia também
Práticas ESG para valorizar a comunidade do Porto de Santos

Ao se pensar e atuar dentro das práticas ESG, o propósito vem antes do lucro. No caso do distrito industrial e portuário da Alemoa, há que se ter mais presença da universidade, na busca do conhecimento, focando o que é importante e fundamental. Portogente tem essa questão como ameaça a relação Porto-Cidade, a exemplo do caso recente e fatal no Porto de Beirute e o próprio caso do incêndio do tanque da Ultracargo.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*O Dia a Dia é a opinião do Portogente

O que você achou? Comente