Transporte / Logística

A segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), apresentado pelo presidente Lula no dia 29 último, prevê a aplicação de R$ 109 bilhões no setor de transporte, a partir de 2011, mas quase a metade desse recurso (R$ 50,4 bilhões) será aplicada somente nas rodovias. Nos últimos anos, reportagens do PortoGente constataram a dependência do Brasil ao modal rodoviário. Oito entre dez especialistas entrevistados usaram a expressão “país rodoviarista”. Mas o secretário de Política Nacional de Transportes do Ministério dos Transportes, Marcelo Perrupato, não concorda com esta tese e defende os investimentos feitos pelo Governo Federal nas estradas brasileiras nos últimos anos.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Irretocável. Esse foi o adjetivo utilizado pelo presidente do Conselho de Autoridade Portuária (CAP) do Porto de Santos, Sérgio Aquino, para o discurso feito por Wilen Manteli na cerimônia de premiação Personalidade PortoGente 2009, no litoral paulista. Manteli, presidente da Associação Brasileira de Terminais Portuários (ABTP), recebeu diversos elogios por conviver com opiniões diferentes das suas e aceitar posições diversas para a formulação de um debate.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
O relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Sistema Ferroviário da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo irá propor a retirada da América Latina Logística (ALL) das operações ferroviárias no estado paulista. O documento será votado pela CPI nos próximos dias e teve como relator o deputado Mauro Bragato (PSDB). Em entrevista exclusiva ao PortoGente, Bragato afirmou que há diversas queixas registradas no Ministério Público contra a concessionária e que ela não é mais bem vinda ao território paulista devido aos “desserviços que vem prestando à população”. Para piorar o relacionamento entre a empresa e os parlamentares, o presidente da ALL, Bernardo Hees, conseguiu liminar na Justiça para não participar das audiências da CPI. “Tentamos dialogar com a ALL e não conseguimos. Consideramos o Bernardo Hees ‘persona non grata’ no estado de São Paulo”.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Conclusão da Ferrovia Norte Sul e das Eclusas de Tucuruí, ampliação do Complexo Portuário do Itaqui (MA) e do Porto de Vila do Conde (PA), e o completo asfaltamento da BR 158. Essas são algumas das reivindicações da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Corredor Centro-Norte (Adecon), entidade fundada em 2005 e que reúne lideranças empresariais e outras entidades dos estados de Tocantins, Mato Grosso, Pará, Maranhão e Bahia. A Agência, que realizou nesta quinta-feira (11), o XVIII Encontro sobre o Corredor Centro-Norte e Hidrovia do Parnaíba, em São Luis (MA), avalia que a logística atual do País está bem melhor do que anos anteriores, porém ainda é necessário avançar mais.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
O gerente do Centro Internacional de Negócios (CIN) da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), Marco Aurélio Marçal, destacou a necessidade de seu estado pensar urgentemente em novos projetos portuários para a movimentação de contêineres. Em seu entender, não é possível mais se perder tempo discutindo soluções paliativas para o Porto de Vitória, que em sua opinião não possui área suficiente para abrigar investimentos logísticos de grande porte. Ao PortoGente, Marçal defendeu a construção do Porto de Águas Profundas.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s