Transporte / Logística

O Porto de Santos tem condições de chegar a 2024 movimentando 230 milhões de toneladas e 9 milhões de TEUs. Essa foi a previsão feita pelo diretor-presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), Renato Ferreira Barco, e publicada nesta terceira e última parte da entrevista concedida ao Portogente. É importante lembrar que o porto santista fechou 2011 com 96.025.258 toneladas e 2.985.922 TEUs movimentados.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Na segunda parte da entrevista exclusiva que concedeu ao Portogente, o diretor-presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), Renato Ferreira Barco, afirmou não ter participado da decisão de rejeitar recurso da VPK Participações e Serviços Portuários referente à concorrência para arrendamento do terminal de líquidos da Ilha Barnabé, explicou o que falta para que a dragagem de aprofundamento do Porto de Santos seja homologada e disse esperar que a eterna novela da dívida da Libra Terminais com a estatal termine em sua gestão.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Até o final de 2012, o porto de águas profundas que será instalado no Espírito Santo terá o local de instalação definido e a viabilidade técnica, econômica e ambiental determinada. É o que apontou na terceira e última parte da entrevista ao Portogente o diretor de Infraestrutura da Companhia Docas do Estado do Espírito Santo (Codesa), Hugo Amboss.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Na segunda parte da entrevista exclusiva que o diretor de Infraestrutura da Companhia Docas do Estado do Espírito Santo (Codesa), Hugo Amboss, concedeu ao Portogente predomina a indefinição que a atividade portuária capixaba enfrentará a partir de 2013, quando a chamada “Guerra dos Portos” estará oficialmente extinta, sem concessão de benefícios tributários para investidores.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
O blog Abduzeedo, do gaúcho Fábio Sasso, publicou uma coletânea de belas imagens sobre arquitetura de estações metroviárias. O post foi feito pelo designer Paulo Gabriel. Apreciar as estações faz parte de programas de turistas de todo mundo, especialmente nas metrópoles que cultivam um transporte coletivo barato e eficiente.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s