Transporte / Logística

O censo portuário iniciado em outubro deste ano, o Plano Nacional de Planejamento Portuário (PNLP), mais um projeto da Secretaria de Portos (SEP), está na etapa de levantamento de informações. O trabalho conta com cinco equipes de campo visitando os 35 portos priorizados pela SEP e tem a previsão de conclusão para janeiro de 2011. Para a realização desse trabalho, a SEP contratou a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Segundo Danilo Ramos, especialista em Transporte Pleno da Fundação e Ensino e Engenharia de Santa Catarina (FEESC), os pesquisadores estão observando na vida portuária aspectos relacionados à mão de obra, processos de gestão, equipamentos e infraestrutura.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
O secretário de Portos da Bahia, Roberto Benjamin, disse que apenas uma minoria é contrária à instalação do Porto Sul nas proximidades da cidade de Ilhéus. Foi o bastante para revoltar os que se opõem ao projeto, envolvido desde o nascedouro – no ano de 2008 - em questões de preservação ambiental. Um dos mais críticos é o ambientalista e presidente do Instituto Floresta Viva, Rui Barbosa da Rocha.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Argentina e Inglaterra sustentam grande rivalidade em relação à administração das Ilhas Malvinas e em âmbito esportivo (especialmente no futebol e no rugby). No entanto, representantes dos dois países estreitaram relações portuárias na 12ª Conferência Internacional de Cidades e Portos, que teve início nesta segunda (15) em Buenos Aires, capital argentina.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
O assessor técnico da Prefeitura de Vitória e representante dos trabalhadores no Conselho de Autoridade Portuária (CAP) do Espírito Santo, Luiz Fernando Barbosa, nesta primeira parte da entrevista ao PortoGente, avalia como o setor portuário via uma hipotética vitória do tucano José Serra e qual o futuro da Secretaria de Portos (SEP) no governo de Dilma Rousseff.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
O modelo regulatório estabelecido ainda no Governo FHC, como instrumento para viabilizar as privatizações de serviços públicos, garantindo segurança jurídica para os concessionários realizarem os investimentos, nunca foi aceito pelo Governo Lula gerando conflitos e insegurança.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s