O volume de importação de fertilizantes no Porto de Vitória (ES) deverá crescer mais de 35% em 2018. O aumento será possível graças aos investimentos que estão sendo realizados na retroárea do cais de Capuaba, em Vila Velha. Novos armazéns e equipamentos estão sendo instalados para atender o crescimento da demanda e devem entrar em operação nos próximos meses.

Leia também

WebSummit 2018: Portos carecem de recursos humanos, técnicos e financeiros eficientes

Atualmente, são importadas cerca de 800 mil toneladas de fertilizantes, ao ano. Mas, com as efetivas melhorias que serão implantadas na retroárea em Capuaba, o volume de importação de fertilizantes chegará a 1,1 milhão de toneladas, num acréscimo expressivo de mais 300 mil toneladas anuais.

De acordo com o superintendente de Projetos da companhia, Walter Arruda, a instalação da nova estrutura de armazéns e equipamentos, vem sendo feita em parceria com operadores portuários. Este aumento será possível através da adequação da estrutura ferroviária existente para que seja realizado o carregamento mecanizado de fertilizantes em vagões, que poderão ser destinados a qualquer ponto do país, principalmente para o Estado de Minas Gerais e para a região Centro Oeste do Brasil.

"Trata-se de mais um passo na direção da remoção dos gargalos estruturais existentes nos acessos do Porto de Vitória e, da mesma forma que ocorrerá após a homologação da dragagem (acesso marítimo), também neste caso, culminará no aumento do volume movimentado"€, destacou Arruda.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s