Ministério da Agricultura

Com o objetivo de harmonizar os procedimentos de fiscalização de comércio e uso de agrotóxicos entre os órgãos estaduais e federais, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) vão realizar, entre os dias 18 e 22 de maio, em Salvador, o Encontro de Fiscalização e Seminário sobre Agrotóxicos (Enfisa). O evento, que está em sua 13ª edição, reuniu cerca de 350 profissionais da área no ano passado. O Enfisa terá atividades restritas aos profissionais de fiscalização e às entidades de representação, com atividades abertas ao público. O evento terá um workshop sobre o uso de sistemas eletrônicos, no dia 20 de maio, para discutir meios de integrar os sistemas que cada unidade federativa tem implementado para o cadastro e fiscalização de agrotóxicos.  No dia 21 de maio, acontecerá um seminário, com cinco sessões sobre temas relevantes para a agricultura brasileira, como o combate ao contrabando e a fiscalização do tratamento e comércio de sementes. As inscrições podem ser feitas por meio do site do encontro: http://www.enfisa.net/.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
Com a preocupação de manter o apoio aos pequenos criadores de animais da Região Nordeste, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu, autorizou, por meio da Resolução nº 2, publicada no Diário Oficial da União (DOU) do dia 30 último, a venda de 100 mil toneladas de milho dos estoques públicos para o programa de venda em balcão na região de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). As operações serão conduzidas pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que manterá a oferta nos polos de distribuição em operação na região.  Esta operação é resultado da proposta aprovada pelo Conselho Interministerial de Estoques Públicos de Alimentos (CIEP), composto pelos ministros da Casa Civil, Aloísio Mercadante, da Fazenda, Joaquim Levy e do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias.Nesta operação , o limite de aquisição por beneficiário/mês será de até 6 mil kg e o preço da venda deverá ter referência nas cotações do produto no mercado local. A oferta do milho será garantida com a remoção dos estoques de Mato Grosso para os estados consumidores da Sudene.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu, reuniu-se oficialmente nesta quarta-feira (8) com os adidos agrícolas recém designados para atuarem em sete representações brasileiras no exterior. Ela parabenizou a todos “pelo esforço e mérito próprios” na conquista do cargo. Para assumir o posto, é necessário ser servidor público de carreira e realizar uma prova. A definição dos designados foi realizada pela presidente da República, Dilma Rousseff, que recebeu uma lista tríplice com os primeiros colocados no concurso interno e decidiu, em todos os casos, pelos aprovados em primeiro lugar.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu, discutiu nessa segunda-feira (16) com secretários estaduais da Agricultura e da Indústria e Comércio dos quatro estados o formato da futura agência de desenvolvimento na região do Matopiba (formada por partes do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia).

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
A adesão dos produtores brasileiros ao mercado de orgânico cresceu 34% nos últimos doze meses. A demanda reflete a procura maior por alimentos mais saudávei e a preocupação tanto de produtores como de consumidores pela conservação e a recomposição dos ecossistemas.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente