Comércio

O comércio exterior é sem dúvidas o responsável por trazer e levar mercadorias dos mais variados tipos para todo e qualquer lugar do globo. Isso ocorre pelo transporte de produtos entre os mais variados países presentes na Terra. O transporte acontece por meios marítimos ou aéreos. Obtendo navios específicos para esse trabalho bem como aviões responsáveis pelas cargas. No Brasil e no mundo o comércio exterior é de suma importância, sendo também o responsável por movimentar a economia de uma nação.

No Brasil, se localiza o porto de Santos, o maior da América Latina. Além de outros dispostos por todo o país. É por ele que entra em sai mercadorias variadas, gerando empregos não somente para quem nele trabalha como os profissionais das estivas, bem como, serviços relacionados a escritórios, responsáveis pela documentação das cargas do porto de Santos como em outros ao redor do mundo.

Os portos possuem importância significativa para um país, sendo benéfico às nações que possuem saída para o mar. Apesar dos aeroportos também realizarem o transporte de produtos, muitas vezes, é mais vantajoso para o cliente, a cotação e os fretes serem realizados por meios marítimos. Além disso, são por navios que uma grande carga pode ser transportada de uma única vez, oferta essa, sendo também muito requisitada pelos clientes.

Ter o controle total da cadeia logística é extremamente benéfico às grandes companhias responsáveis por realizarem o transporte de produtos de um canto a outro. Isso porque ela obtém o controle total do supply chain. Com isso, as tornam responsáveis por qualquer imprevisto que possa vir a ocorrer com as cargas, tornando o processo mais fácil para ser resolvido.

Sendo assim, entende-se que os aeroportos, bem como os portos marítimos são de suma importância para a cadeia logística de um país bem como a sua economia na geração de emprego para inúmeros trabalhadores. Além disso, o projeto das grandes companhias em possuir o total controle da cadeia logística, incluso os serviços ponta a ponta, quando a mercadoria sai do remetente até chegar ao seu destino final, traria vantagens para as empresas bem como para os compradores daquele determinado produto.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

Inúmeras pessoas estão presentes na trajetória da cadeia logística. Porém, muitas não sabem como funciona todo o processo. O tramite de produtos, para chegar a casa ou a mesa do consumidor, passa por uma longa viagem. Desde quando sai do seu remetente, até chegar ao seu destinatário.

Muitos trabalhadores estão conectados pelas mercadorias transportadas pelos contêineres. Quando perecíveis esse trajeto se torna mais delicado. Em alguns casos, sendo necessária a utilização de containeres reefer. Eles possuem geladeiras para deixar o produto na temperatura ideial como recomenda sua armazenagem.

A duração das viagens realizadas pelos grandes armadores dependerá do país o qual a carga está saindo para a nação que será entregue. Isso poderá ocorre em semanas, ou, incluso meses. Caso o processo saia conforme o esperado.

O Supply Chain envolve toda a cadeia logística. Ele dependerá da boa conectividade e comunicação que ocorrerá entre os responsáveis do processo. Isso acontece desde a estufagem, desova e armazenagem do contêiner com a mercadoria, até a entrega do produto ao destinatário. Todos os pontos precisam está bem preparados e postos para realizarem o serviço corretamente. Com isso, o produto chegará ao destino final sem maiores danos.

Para que nada ocorra com o material que está sendo transportado existem diferentes tipos de contêineres, são eles: reefer, o qual funciona como uma espécie de geladeira. Responsável em armazenar produtos necessitados de uma temperatura específica para o transporte. Open top, o qual possui a parte superior retirada para transportar objetos maiores em altura quando comparados aos contêineres de tamanhos normais e o flat rack, o qual possui a parte superior e lateral retiradas, responsável por carregar mercadorias que possuem tamanhos maiores em altura e largura.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

No Brasil durante e pós-pandemia, o comércio exterior obteve um saldo altíssimo. Estima-se que até o ano de 2025, os maiores armadores, terão um salto acentuado quando se comparado aos anos anteriores. As maiores empresas atuantes em 2022 são: Maersk (englobando também Hamburg Sud e Aliança) possuidora de 687 navios, em segundo lugar MSC Shipping Company com 576 navios e em terceiro lugar CMA CGM, totalizando 543 navios.

Suas atuações no mercado são de 17.1%, 16% e 12.5% da maior empresa, como mostrada em dados anteriores por navios, até a terceira maior. Vale lembrar que em construção de navios, elas também buscam alavancar seus crescimentos.

Os armadores são grandes empresas podendo ser responsáveis por aumentar parte da renda e economia de um país. Além disso, são responsáveis também por gerarem empregos para um grande número de pessoas. Serviços nos armazéns, nos portos e incluso em escritórios, dão oportunidades para diversas pessoas. Quanto mais os ganhos dos armadores, mais o numero de trabalhadores irá aumentar. Podendo afetar positivamente no PIB (Produto Interno Bruto) de um Estado.

Armadores como Maersk, MSC Shipping Company e CMA CGM são empresas que atuam não somente em um estado ou país, mas sim, em diversas nações. Elas possuem sua sede em determinado lugar, porém, obtém seus serviços em países distintos.

Essa disposição faz com que as torne multinacionais. Possuindo trabalhadores em diferentes pontos de serviço. Exemplo: empregados dos Estados Unidos podem trabalhar para nações do continente europeu sem maiores problemas. Isso os torna conectados através da internet e de outros programas disponibilizados em seus computadores pelas companhias em questão.

 

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

Desde o tempo das grandes navegações a troca de produtos é presente entre os seres humanos. Isso ocorria através do escambo entre portugueses e índios no Brasil. Além das rotas para as Índias, em busca de especiarias. No poema “Os Lusíadas” é possível notar a época em questão. Sendo assim, com o avanço da tecnologia, criaram-se grandes portos ao redor do mundo. Proporcionando a entrada e saída de mercadorias entre as grandes nações.

Eles são responsáveis por movimentar a economia de um país, pois, são pelos portos marítimos que produtos de grande valia entram e saem do Estado. Dito isso, pode-se considerar mais vantajoso que uma nação exporte mais em relação à importação. Pois, significa que o país está vendendo mais quando se comparado as compras. Gerando mais rentabilidade econômica, aumentando o PIB (Produto Interno Bruto) do país exportador.

Vale lembrar que além de portos marítimos, é possível encontrar aeroportos responsáveis pela troca de mercadorias entre os países. Obtendo a mesma função dos marítimos, esses também são responsáveis pela importação e exportação de produtos ao redor do globo. Muito utilizado pelas companhias, os portos aéreos possuem a mesma funcionalidade, todavia, pode haver mudanças em tarifas de cotações bem como o tempo do trajeto que o produto fará até chegar ao destino final.

O porto da cidade de Santos, localizada ao Litoral Sul da metrópole de São Paulo, é o maior da América Latina. Nele podem-se encontrar armadores (donos de grandes embarcações), responsáveis por levarem mercadorias de altos valores de um país ao outro, além de empresas menores, as quais se habilitam a realizarem cotações para os clientes. Entretanto, economistas se arriscam a dizer que o fluxo de saída e chegada de produtos poderia ser melhor. Apesar de ser um porto muito significativo para todos os países ao sul dos Estados Unidos, sempre há uma maneira de o torna ainda mais ágil e eficiente.

Posto isso, entende-se que os portos marítimos e os aeroportos são de extrema importância para movimentar a economia de um país. Neles é gerada renda para diversos trabalhadores. Sejam eles atuantes nos terminais portuários ou em escritórios ao redor, nas cidades próximas a região. O porto de Santos é muito significativo para todos que com ele atuam. Possui grande capacidade para expandir seus resultados. Sendo de suma importância reconhecer que é por ele que entra grande parte economia brasileira, além de empregos criados através das suas operações.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

Muitos indivíduos se questionam sobre o intuito da Organização das Nações Unidas (ONU). Isso porque ela trabalha em conjunto para apaziguar conflitos envolvendo grandes Estados do globo, bem como no envio de tropas para as chamadas Missões de Paz, geralmente em países em guerra contínua. Isso demonstra que a ONU é atuante em diversos seguimentos, sendo eles Direitos Humanos, incluso diplomacia como em uma possível resolução na guerra entre Ucrânia e Rússia.

Todavia, é gerada a dúvida sobre o real papel da ONU. É possível notar a vertente crítica em relação às falhas das Missões de Paz realizadas. As quais, soldados de diferentes países são enviados nos locais necessitados e ao invés de ajudarem, muitas vezes acabam cometendo crimes inaceitáveis sobre a população local. Em inúmeros casos com indivíduos vivendo em condições de pobreza extrema, sendo subordinados a barbáries, principalmente crianças e mulheres.

Há quem afirme que a ONU em realidade foi criada para apaziguar maiores conflitos que pudessem vir a ocorrer entre os cinco países vencedores da 2° Guerra Mundial, pertencentes ao Conselho de Segurança, são eles: China, Estados Unidos, França, Reino Unido e Rússia. Sendo assim, seu objetivo, é evitar uma possível 3° Guerra Mundial, travada pelo avanço da tecnologia. Incluso o uso de armas nucleares potentes. Ocasionando em destruições não somente para os envolvidos da guerra, mas também em Estados próximos aos possíveis locais de batalha e/ou em todo o globo.

Com isso, é importante ressaltar que a ONU se envolveu diretamente sobre as possíveis resoluções entre os conflitos existentes entre Ucrânia e Rússia, marcando reuniões extraordinárias na Assembléia Geral e inclusive com nações pertencentes ao Conselho de Segurança. Dito isso, entende-se que apesar da guerra ainda está ocorrendo entre esses dois Estados e ter ocasionado em inúmeros feridos e mortos, poderia ser extremamente pior. Provocando a utilização de bombas nucleares, prejudicando nações vizinhas.

Sendo assim, é compreensível a atuação da ONU em conflitos pautados sobre a temática Direitos Humanos, mas, seu real foco é evitar possíveis grandes guerras entre grandes potenciam mundiais. Com as sanções impostas à Rússia, muitos países do globo sofreram com a alta dos preços da gasolina em decorrência do petróleo. O comércio exterior também ocasionou em interferências, pois, muitos produtos foram impedidos de chegar ao maior país do globo. Dito isso, vale ressaltar a importância da diplomacia e a resolução de conflitos, com isso, é possível evitar que outras nações sofram com resquícios da guerra.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
O que você achou? Comente