Domingo, 14 Julho 2024

A cidade não escapa da Histórias. Todos os passados se encontram nela. (Helena Angotti Salgueiro)

No próximo ano, época de eleições municipais, é momento propício para debater as cidades portuárias, e ainda mais com a possibilidade e o alcance do meio digital. Nesse sentido, é oportuno visitar o projeto de pesquisa sobre a reestruturação produtiva na zona portuária da cidade de Santos (litoral de São  Paulo), do arquiteto chileno Carlos Andrés Hernándes Arriaga. Um tratado avançado e urgente da relação porto-cidade, útil para perceber o importante e fundamental.

Dad 30NOV2023

Veja mais
* Porto de Santos tem projeto de desenvolvimento e competência de realizar

Arriaga, em seu relatório científico “A hinterlândia como promotora territorial de áreas em transformação advindas do processo de desindustrialização”, defendeu sua tese de pós-doutorado na Universidade de São Paulo (USP). Um debate esclarecedor, útil para evitar propostas e ações festivas e eleiçoeiras, onerosas e deletérias, como a demolição da história pelo projeto Valongo-Paquetá. Ou seja, assistir ao triunfo de uma ação sem pensamento sobre um pensamento desarmado.

Veja ainda
* Condomínios logísticos e a reindustrialização

O objetivo é um projeto com foco na inovação da cidade portuária produtiva, propondo otimização dos seus potenciais, por meio de pesquisas e indicadores de desenvolvimento urbano territorial para fomentar novos ciclos econômicos. Assim, ampliar capacidades produtivas e de distribuição advindas da implantação dessa nova realidade. Entretanto, não é o que se assiste com o trato do maior acervo histórico portuário do Brasil.

Veja também
* Um museu que conta a história do Porto de Santos

Didaticamente, ele expõe: “Hoje há um novo tipo de espaço que redefine as relações seculares entre a cidade, paisagem e território.” Ou seja, o tempo e seus registros são instrumentos para possibilitar essa análise. Daí o papel da história e dos museus como um espaço de aprendizado, quando, no presente, ocorre uma forte reestruturação urbana, com novas ocupações do território municipal por seu porto. Não preservar essa história portuária expõe o papel anacrônico do museu do Porto de Santos.

Veja ainda
* Debater Porto-Cidade de Santos destaca o importante e o fundamental

Abordar a relação Porto-Cidade com visão holística, do além mar à hinterlândia, perpassando sistemas operacional, no porto, e multimodal dos transportes conectando o interior, como propõe Arriaga, amplia a percepção do tempo que passa e tudo muda. Assim, são importantes as lições que se ganha ao evitar o assassinato de uma rede de esgoto portuário e que reproduz, em escala menor, a famosa em pedra lavrada, de Paris, na França.

Veja mais
* Uma logística de ficção científica

Curta, comente e compartilhe!
Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*O Dia a Dia é a opinião do Portogente

Deixe sua opinião! Comente!
 

 

banner logistica e conhecimento portogente 2

EVP - Cursos online grátis
seta menuhome

Portopédia
seta menuhome

E-book
seta menuhome

Dragagem
seta menuhome

TCCs
seta menuhome
 
logo feira global20192
Negócios e Oportunidades    
imagem feira global home
Áreas Portuárias
seta menuhome

Comunidades Portuárias
seta menuhome

Condomínios Logísticos
seta menuhome

WebSummits
seta menuhome
 

 

 

ecoporto