Já está sendo desenvolvido um sistema de olhos para os carros autônomos com o objetivo de fazer os veículos "sentirem" o ambiente ao seu entorno. Câmeras com inteligência artificial irão permitir que os carros transitem pelas ruas sem motorista por meio do sistema a laser Lidar (light detection and ranging, em inglês)

carrosautonomos olhos

Leia também
* Quem o carro deve matar em uma colisão inevitável?

O Lidar emite raios laser e mede quanto tempo eles levam para se recuperar dos objetos. Isto fornece as chamadas nuvens de pontos para desenhar mapas 3D dos arredores. Eles podem ser analisados por computadores para reconhecer objetos tão pequenos quanto uma bola ou tão grandes quanto um campo de futebol e podem medir distâncias com muita precisão.

Trata-se de uma tecnologia similar à usada na missão Apolo em 1971 para mapear a lua. Entretanto, em 2000 esse sistema foi inovado para atender a corrida por carros autônomos, o Grand Challenge, evento anual realizado nos Estados Unidos. 

Conteúdos relacionados
* Carro de corrida sem motorista
* Empresas brasileiras entram na corrida por veículo autônomo de alto nível

Em 2007, cinco das seis equipes para terminar a corrida empregavam o sistema da Velodyne. Esses lasers rotativos, os chamados spinners, foram montados nos telhados dos carros para proporcionar uma visão de 360 graus. Veículos autônomos têm outras maneiras de perceber o que os rodeia, mas todos eles têm fraquezas. Mas é um caminho irreversível, sem volta, e a sociedade precisa estar preparada.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website