• Pronto para realizar operações mais importantes com aviões que partem ou chegam de Belém (PA), o Aeroporto Internacional de Belém/Val-de-Cans recebeu a certificação operacional da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

  • O Aeroporto de Petrolina, em Pernambuco, ganhou uma certificação que poderá aquecer a economia na região do Vale do Submédio São Francisco.

  • Empresa contratada não poderia prestar serviço de taxi aéreo, modalidade provavelmente escolda hipara o transporte de Boechat, que voltava de Campinas à sede do Grupo Bandeirantes de Comunicação após realizar uma palestra para colaboradores da companhia farmacêutica Libbs

  • Os Vants, veículos aéreos não tripulados, popularmente chamados de drones, zangão em inglês em alusão a alguns modelos que lembram uma abelha, tiveram seus primeiros protótipos efetivamente implementados no ambiente militar.

  • Liminares, recursos e complexa legislação prejudicam expansão do Porto de São Sebastião e implantação definitiva de regras no transporte aéreo por companhias brasileiras

    sscapa

    bagagens capa

  • No primeiro semestre do ano, a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) aprovou o uso de drones para fins comerciais no Brasil, desde que não coloquem em risco a segurança de transeuntes em espaços públicos.

  • Tramitam na Câmara Federal projetos que aumentam de participação às empresas estrangeiras nas companhias aéreas nacionais.

  • A polêmica em torno da cobrança da bagagem está presente na Resolução nº 400 da Anac, de 13 de dezembro de 2016. Uma perícia realizada pela Procuradoria da República concluiu que as novas regras reduziriam "a qualidade dos serviços de menor custo, já embutidos no valor das passagens"

  • Pista de rolamento, também chamada de taxiway, conecta as zonas de hangares e terminais aeroportuários com a pista de pouso ou decolagem em um aeroporto, evitando que os aviões em trânsito ocupem esses espaços sem necessidade. De noite, a pista de rolamento geralmente é demarcada com luzes azuis para facilitar a visualização

  • Até final de fevereiro de 2018, cerca de 35,58 milhões de passageiros deverão movimentar os 15 principais aeroportos brasileiros, com de 279,6 mil pousos e decolagens, que representam 80% do fluxo de viajantes no País.

  • As normas do aerodesporto no Brasil sofrerão alterações em 2018 e até dia 15 de janeiro poderão ser enviadas propostas de modificações para audiência pública que foi aberta. O aerodesposto abrange diversas modalidades como paraquedismo, balonismo, aeromodelismo, acrobacia aérea, operação de aeronaves leves, ultraleves e asa delta motorizada.

  • Para o escoamento da safra de frutas da região do submédio do São Francisco em Pernambuco, o Aeroporto de Petrolina irá operar, até dezembro, com voos extras de aeronaves maiores. Esta semana, recebeu o primeiro pouso de uma aeronave cargueira B747-8F.