Hub port consiste em um porto concentrador de cargas e de linhas de navegação. O termo decorre das estratégias de aumentar o tamanho dos navios, concentrar rotas e reduzir o número de escalas adotadas pelas principais companhias marítimas, notadamente a partir dos anos noventa.    

Conceitos Gerais - Segundo nos mostra o Dicionário "Oxford", na sua 6ª edição no ano 2000, a palavra "Hub" de origem inglesa, significa "a parte central e mais importante de um lugar ou atividade em particular". Daí a origem do termo "Hub Port", que em função de todo o processo de globalização pelo qual atravessamos, somado ao crescimento da economia mundial nos últimos 30 anos, mais do que nunca é difundido e utilizado por todos: os "Portos Principais" ou "Portos Concentradores". Muitos acreditam que o advento dos chamados "Hub Ports" se deu de uma forma natural, tendo os mesmos se desenvolvido para acompanhar o crescimento do comércio mundial. Observa-se nitidamente que o número de "Hub Ports" em uma determinada região (norte da Europa ou Sudeste Asiático, por exemplo), está diretamente ligado ao poderio e/ou potencial econômico dos países que ali estão.

Por outro lado, outros acreditam na tese de que o crescimento fabuloso apresentado por estes mega-terminais, mais especificamente os que lidam com contêineres — base de todo esse nosso estudo —, alavancou e muito todo o processo de conteinerização e por conseqüência o comércio mundial. Ambos os pontos, assim como outras realidades e perspectivas, estarão sendo abordados nas páginas que se seguem do presente estudo, enfocando sempre os portos e terminais de contêineres. Importante destacar um fato marcante nos dias de hoje: o aumento no tamanho dos navios porta-contêineres, e a conseqüente redução no número de portos escalados por navios de maior porte, priorizando desta forma os "Hub Ports".

Funções dos Hub Ports - Os hub ports permitem que os grandes porta-contêineres sejam carregados e descarregados numa única parada por região. Se isto não acontece, os custos por unidade transportada aumentam significativamente, já que os navios, além de executarem várias paradas, são foçados a viajar parte do percurso com elevada capacidade ociosa. Esses custos, por sua vez, são repartidos equanimimente entre os clientes daquele percurso, já que os armadores, valendo-se do poder de mercado para maximizar a receita, tendem a cobrar o mesmo frete para todos.

Tipos de Hub Ports - Os portos que são servidos por navios de grande porte que operam nas principais rotas, com concentrado volume de carga, os chamados "Hub Ports" também conhecidos como "Portos Pivô". Segundo Thomas (1999), os "Hub Ports" possuem três outras subdivisões:

  • "Hub" mundial: presta serviço a nações que circundam os principais oceanos, ou portos de mais de um continente;
  • "Hub" regional: presta serviço ao comércio de uma linha costeira completa de um continente;
  • "Hub" sub-regional: presta serviço a mercados de uma parte de um continente.
Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s