Portos do Brasil

A Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP) liberou recursos na ordem de R$ 10,95 milhões para a continuidade das obras de reforço e realinhamento dos berços 3 e 4. A confirmação do repasse ocorreu na tarde de terça-feira, 08, ao superintendente do Porto de Itajaí, Antonio Ayres dos Santos Júnior.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá registrou o dobro de movimentação de cargas em fevereiro de 2016. Ao longo do mês, foram escoadas 1,51 milhão de toneladas de grãos pelo complexo, enquanto no mesmo período do ano passado a movimentação foi de 724 mil toneladas.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

No Dia Internacional da Mulher, a Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP) ganha Comitê de Gênero. O ministro Helder Barbalho mandou publicar no Diário Oficial de hoje (08/03) portaria que institui o Comitê de Gênero da Secretaria e das Companhias Docas de São Paulo (Codesp), Bahia (Codeba), Ceará (CDC), Espírito Santo (Codesa), Pará (CDP), Rio de Janeiro (CDRJ) e Rio Grande do Norte (Codern).

O comitê vai estudar e propor ações que visem à igualdade dos direitos das mulheres com os dos homens, entre outras ações. Outras atribuições são promover a articulação entre os setores da SEP e Docas em torno do tema, tanto internamente no setor portuário, quanto, nos diversos espaços institucionais que tratam das políticas para as mulheres.

De caráter consultivo, o comitê também proporá medidas de sensibilização e capacitação sobre o tema para funcionários e dirigentes da Secretaria e das Companhias Docas e acompanhar e avaliar o que for executado, de acordo com o Plano Nacional de Políticas para as Mulheres (PNPM).

Ele terá 16 integrantes e mesma quantidade de suplentes, dentre representantes da SEP e de cada Companhia Docas. A decisão foi tomada considerando o papel fundamental que a mulher desenvolve no âmbito civil, político, econômico, social e cultural, além da sua importante atuação nas diferentes áreas do setor portuário.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O Porto de Suape agora dispõe de um sistema capaz de monitorar, em tempo real, os navios mercantes que trafegam por suas águas. O Sistema de Identificação Automática (AIS) identifica o nome do navio, registra a velocidade, a localização, a rota percorrida anteriormente além de identificar as embarcações que estão em área de fundeio. Com a implantação do sistema, o Porto de Suape investe na eficiência do planejamento de navegação, já que melhora a previsão de chegada dos navios e ajuda a reduzir o tempo de espera e de atracação dessas embarcações.

Todos os dados são fornecidos por uma antena da frequência VHF e repassados para um decodificador instalado num computador com internet instalado na Torre de Controle do Porto. A antena detecta as embarcações que estão num raio de 40 Km e repassa a informação para o decodificador, que por sua vez transmite a informação para o site Marine Traffic (http://www.marinetraffic.com/en/ais/details/ports/2753). Neste portal é possível monitorar algumas informações das embarcações que estão nas proximidades. “A visualização que o sistema oferece é um grande benefício. Supondo que o terminal está se preparando para receber o navio, a qualquer momento ele sabe onde essa embarcação está, inclusive, fica sabendo se ela vai atrasar para chegar. Assim, o terminal pode agilizar os processos de operação. Isso é vital para a logística e se reverte em economia de tempo e dinheiro”, destaca Paulo Coimbra, diretor de Gestão Portuária de Suape.

O Porto de Suape recebe, mensalmente, cerca de 130 navios, tendo fechado o ano passado com o recebimento de 1.538 embarcações. Em 2015, Suape se destacou como líder na movimentação de granéis líquidos (óleo diesel, gasolina, querosene de aviação, óleo bruto de petróleo, etc.) com 14,24 milhões de toneladas de cargas movimentadas. Suape se superou em comparação aos 37 portos públicos do país, ficando à frente do Porto de Santos, que contabilizou 11,02 milhões de toneladas destes produtos, segundo dados da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). O ancoradouro de Pernambuco também lidera o ranking na navegação de cabotagem em todo o país.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O Cruzeiro Seabourn Quest, do grupo Carnival, que já esteve em Natal no dia 17 de novembro de 2015, retornaa à Capital do Rio Grande do Norte nesta próxima segunda-feira (7/03).

O navio partiu dos Estados Unidos, passou pela Argentina e vem percorrendo a Costa Brasileira. De Natal, a embarcação de luxo de 32.000 toneladas cúbicas de espaço, distribuídas por 198m de comprimento e 28m de largura, em 15 decks de acesso público, retornará ao país de origem.

Os passageiros estão distribuídos em 225 amplas suítes de luxo, das quais 202 têm varanda e sete têm acesso facilitado para cadeiras de rodas. O navio dispõe de seis bares e salões para serem aproveitados a bordo, assim como um centro de fitness, salão de shows, piscinas, saunas, e uma marina retrátil que permite os hóspedes nadarem, praticarem o snorkel, windsurf, caiaque, ou ski aquático, sem terem que se ausentar do navio.

A previsão da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern) é receber 15 cruzeiros na nova temporada, que se iniciou em novembro de 2015 e se estenderá até abril de 2016, com expectativa de receber 9 mil turistas e movimentar até R$ 4 milhões na economia do Estado.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente