Dia a Dia

Há pelo menos seis meses, PortoGente publica reportagens sobre os prós e contras da instalação do Porto Brasil em Peruíbe, no Litoral Sul de São Paulo. Aliás, quem anunciou o projeto do empresário Eike Batista em primeira mão foi este site, no dia 7 de agosto de 2007, pelo colunista Paulo Schiff. E, pelo visto, o Ministério Público Federal de Santos resolveu abrir os olhos e, no começo da tarde desta quarta-feira (26), conseguiu a suspensão da audiência pública marcada pelo Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema) para discutir o projeto (Na foto acima, o Centro de Convenções de Peruíbe lotado para a audiência suspensa).

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
O Porto de Los Angeles (Estados Unidos) está apoiando uma feira, que acontece nesta quarta-feira (12),  para venda de sistemas de energia solar para seus usuários e arrendatários. Uma louvável preocupação com a preservação ambiental e barateamento dos custos operacionais.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
“O decreto já está pronto. Antes dos 180 dias será publicado o decreto do presidente Lula, dando cumprimento à decisão do Conselho Nacional de Desestatização”. As palavras são do ministro-chefe dos Portos, Pedro Brito, ao responder pergunta deste PortoGente sobre quando o governo irá publicar o decreto para retirar as companhias docas do Programa Nacional de Desestatização (PND), conforme Resolução 19 do Conselho Nacional de Desestatização (CND), baixada no dia 26 de dezembro último.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
Os trabalhadores portuários avulsos do Espírito Santo realizaram, na manhã desta quinta-feira (28) uma mobilização de advertência no portão central do Cia. Portuária de Vila Velha (CPVV), na Grande Vitória. Eles reivindicam o cumprimento do acordo coletivo e da Lei dos Portos, quanto à requisição de mão-de-obra junto ao Órgão Gestor de Mão-de-obra (Ogmo), que o terminal vem descumprindo.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
Palavra de ministro não é para discutir, é para cumprir. Foi o que aconteceu na reunião do Consad (Conselho de Administração) da Codesp (Companhia Docas do Estado de São Paulo), nesta sexta-feira (23), na sede da Administração da Hidrovia do Paraná (Ahrana), na capital paulista. Na presença do presidente da Codesp, José Di Bella Filho, o conselho acatou a determinação do ministro Pedro Brito, da Secretaria Especial de Portos (SEP), de readmitir imediatamente o advogado Antonio Carlos Paes Alves, dispensado sem justa causa no dia 18 último, e de discutir caso a caso as outras seis demissões, também sem justa causa e que atingiu funcionários de carreira com mais de 20 anos de Codesp.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website

O que você achou? Comente