Terça, 16 Julho 2024

A cidade de Santos tem um porto ou o porto tem uma cidade?

Amanhã, a cidade de Santos inicia uma nova relação com o principal porto do Brasil, quando inaugura o complexo turístico-cultural Valongo-Paquetá, no trecho onde foram construídos os primeiros cais corridos em alvenaria de pedra e os armazéns da antiga Companhia Docas de Santos. Uma nova relação porto-cidade, harmonizando a cidade das cargas marítimas e a cidade das pessoas. Um espaço turístico-cultural, um novo período de cidade-porto próximo às 12 universidades. Um momento de conquista e celebração.

porto valongo
Foto: Divulgação

Veja mais: Um museu que conta a história do Porto de Santos - Portogente

Um conjunto coerente de elementos de ordem histórica e arquitetônica, conjugando economia, social, política e cultural, estrutura um espaço de lazer e de aprendizado, para sentir, compreender e compartilhar. Sua arquitetura, inclusiva e empática, integrando passado e presente, inspira o porto de Santos do futuro. Um roteiro aprazível e contemplativo para as diferentes classes sociais; catalisador de novos horizontes.

Veja mais: Parque Valongo inicia Porto de Santos do futuro - Portogente

Como um ponto de encontro da cidade acadêmica e capacidade de memória coletiva, conjuga o passado contemplando o presente dos navios navegando no canal do porto contíguo, inspirando o futuro. Um horizonte também de paisagem natural contemplativa, compondo um complexo urbanístico, simultaneamente frequentado por turistas e a coletividade local. Mudando o espaço de Santos, considerando a inseparabilidade entre cidade e as pessoas. Um resultado exitoso de tomada de decisão complexa e política, além disso, estratégica para as eleições municipais dentro de três meses.

Veja mais: A caminho do Porto de Santos offshore - Portogente

Construir o museu do Porto de Santos na antiga estação da Estrada de Ferro Santos a Jundiai – EFSJ, em frente ao Museu Pelé, vai acrescentar valor histórico e cultural inestimável ao Valongo. Um lugar para sentir e compreender a dinâmica da logística que fez o principal porto do hemisfério sul e conhecer trajetória esportiva do atleta do futebol, do século. O atual museu do porto, um puxadinho sem dimensão e incompatível com seu papel, não pode ficar fora do Valongo Paquetá, onde esse porto nasceu.

Veja mais: História e evolução: o passado e o futuro do Porto de Santos - Portogente

O Parque Valongo-Paquetá é um complexo histórico cultural, bem próximo do Monumento Nacional Ruinas Engenho São Jorge dos Erasmos, Extensão Universitária da Universidade de São Paulo. Neste local, no século XVI, já se produzia açúcar para ser exportado por holandeses pelo Porto de Santos. Portanto, amanhã inaugura mais uma fase do Porto de Santos, como consequência do papel da arte e da cultura: refletir as experiências e influenciar o futuro do principal porto marítimo brasileiro.

Veja mais: Dr. Berenguer, como esquecer? - Portogente

Curta, comente e compartilhe!
Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*O Dia a Dia é a opinião do Portogente

Deixe sua opinião! Comente!
 

 

banner logistica e conhecimento portogente 2

EVP - Cursos online grátis
seta menuhome

Portopédia
seta menuhome

E-book
seta menuhome

Dragagem
seta menuhome

TCCs
seta menuhome
 
logo feira global20192
Negócios e Oportunidades    
imagem feira global home
Áreas Portuárias
seta menuhome

Comunidades Portuárias
seta menuhome

Condomínios Logísticos
seta menuhome

WebSummits
seta menuhome
 

 

 

ecoporto