Vem das terras catarinenses um vento de otimismo e também de apreensão, mais especificamente do presidente da Federação da Agricultura do Estado (Faesc), José Zeferino Pedrozo. Ele afirma: "Não há dúvidas de que o ano será excelente para exportação das carnes brasileiras. Porém, vamos precisar de muito milho e esse grão estará mais caro em 2020 em razão do comportamento do clima e de outros fatores." Santa Catarina é a maior importadora do grão entre todas as unidades da Federação.

600 conteiner portoImagem do Freepik. 

Leia também
* China cresce

A apreensão vem do fato da seca no sul e do atraso no plantio, por isso Pedrozo prevê que deve faltar milho ainda neste primeiro semestre. "O cenário é preocupante porque, da demanda total, 96% destinam-se à nutrição animal, principalmente dos plantéis de aves e suínos", explica.

Em destaque
Seca agrava escassez do milho

Por outro lado, a cadeia produtiva do segmento de carnes faz projeções otimistas para 2020, embaladas pelo consumo crescente na Ásia. Há consenso de que é possível crescer em ritmo semelhante ao de 2019, mesmo que a China (maior importadora de carne brasileira) tenha planos de retomar sua produção de suínos após o surto de Peste Suína Africana (PSA).

Pedrozo observa que "reorganizar e recompor a produção leva muito tempo e a Ásia inteira precisa de muita carne". Por outro lado, é crescente o número de habitantes com capacidade de consumo, o que só aumenta a demanda chinesa por proteínas. Em 2020 novos frigoríficos devem ser habilitados a exportar aos chineses. Novos mercados do continente asiático comprarão a carne brasileira, como o Vietnã, que aumentou 82,6% as suas importações de carne suína em 2019.

Brasil exportador e importador demanda portos modernos com capacidade competitiva integrando uma infraestrutura logística de primeira também.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website

O que você achou? Comente