Transporte / Logística

O Ministério Público Federal vai investigar a colisão de dois trens em Cubatão, na Baixada Santista, ocorrida na manhã de sexta-feira, 31 de outubro. Por volta das 8h, uma das composições descarrilou e se chocou com a outra, que estava parada na altura da Vila São José. Dois maquinistas ficaram feridos. O acidente causou derramamento de óleo no sistema de drenagem de águas pluviais do município. O MPF vai apurar as responsabilidades dos órgãos federais de fiscalização e das concessionárias que operam no trecho (América Latina Logística – ALL – e MRS Logística). O procurador da República Thiago Lacerda Nobre, coordenador do Grupo de Trabalho Transportes (vinculado à 3ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF), instaurou um procedimento administrativo e outro criminal sobre o assunto. A ALL já foi alvo de inquéritos e ações judiciais do MPF em outros acidentes e situações de risco no Estado de São Paulo, como nas regiões de Piracicaba, Araraquara, Bauru e São José do Rio Preto.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
A Alstom, finalizou, na última semana, a entrega, para a concessionária SuperVia, dos trens que integram o projeto de modernização do sistema ferroviário do Estado do Rio de Janeiro. No início de setembro, o penúltimo trem entrou em operação e, em outubro, o décimo e último trem do projeto começou a operar.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
A Asociación Latinoamericana de Ferrocarriles (Alaf) promove, pela primeira vez no País, uma assembleia geral para avaliar e discutir o desenvolvimento do sistema metroferroviário latino americano. A reunião acontece no próximo dia 13 de novembro, em São Paulo, durante a NT Expo - 17ª Negócios nos Trilhos.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Os estivadores dos portos de Belém, Outeiro e Vila do Conde, em Barcarena, entraram em greve por tempo indeterminado nesta terça-feira (28/10). Desde às 13h, as atividades estão suspensas nos portos. O motivo principal da insatisfação da categoria são as ameaças a mão-de-obra dos trabalhadores portuários avulsos e dos estivadores registrados e cadastrados no Órgão Gestor de Mão de Obra (OGMO), conforme o novo marco regulatório dos portos brasileiros a Lei nº 12.815/13 seja requisitada.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
No último sábado (25/10), o Porto do Açu concluiu com sucesso sua primeira operação. O navio Key Light foi carregado com 80 mil toneladas de minério de ferro no píer dedicado do T1. O carregamento marcou o início de operação do empreendimento. A embarcação, que chegou ao porto no dia 22, está atualmente a caminho da China. “Este primeiro navio representa um marco histórico para o porto. Já temos vários clientes produzindo, mas o embarque da Anglo American é o primeiro realizado. Agora estamos focados em iniciar a movimentação de embarcações no Terminal 2 até o fim do ano”, comemora Eduardo Parente, presidente da Prumo Logística.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s