Financiadores e investidores do projeto integrado Mina-Ferrovia-Porto, da Colomi Iron, realizaram, na última sexta-feira, dia 29 de março, uma visita técnica ao Porto de Aratu-Candeias, no litoral baiano. O grupo, formado por mais de 30 empresários vindos de diferentes locais como China, América do Sul, Irlanda e Austrália, foi recepcionado pelo novo diretor de Gestão Comercial e Desenvolvimento da Companhia Docas do Estado da Bahia (Codeba), Fábio Luiz Lima de Freitas.

codeba colomiironO projeto foi apresentado durante o Seminário Portfólio de Investimentos nos Portos da Bahia – Oportunidades de Outorgas, pelo executivo sênior da Colomi, Gabriel Oliva. "Pretendemos investir R$ 4,6 bilhões na mina, R$ 5 bi na ferrovia e R$ 2 bi no porto. Ao todo, são mais de R$ 11 bilhões no projeto de produção e exportação de minério de ferro no Norte da Bahia. O valor compreende aportes para a construção e operação da mina e de melhorias na Ferrovia Centro Atlântica (FCA) e no Porto Aratu-Candeias”.

Ainda de acordo com o CEO, o projeto está em fase de pré-viabilidade econômica e o início das operações está previsto para o final de 2023. A mina da companhia fica a 200 km de Juazeiro e irá operar com mais eficiência e menor emissão de poluentes.

Durante a visita ao Porto de Aratu-Candeias a Comitiva conheceu o Terminal de Graneis Sólidos 1 e 2, o armazém da Paranapanema e o pátio de graneis sólidos.

As informações são da Assessoria de Comunicação da Companhia Docas do Estado da Bahia (Codeba).

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s