Com 90% das obras concluídas, o novo Cais de Atalaia do Porto de Vitória substituirá os antigos dolfins e movimentará granéis líquidos, além de cargas gerais no litoral do estado do Espírito Santo. Os investimentos previstos para a obra somam R$ 180 milhões, recursos provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

vitoria marun montenegro
Ministro Carlos Marun e presidente da Codesa, Luis Claudio Montenegro - Foto: Codesa

A construção do novo cais proporciona a expectativa de ampliar a movimentação do Porto em mais de 10 milhões de toneladas por ano. O novo cais terá 264 metros de extensão e a área total será de 20 mil m², sendo 12,5 mil m² de retroárea para armazenagem de carga, abrangendo os berços 201, 207 e 206 (Peiu). O cais contínuo contará com 14 cabeços de amarração, 12 defensas e profundidade de 14,6 metros.

A construção do novo berço é fundamental para o projeto de implantação do Terminal de Granéis Líquidos (TGL), que será construído em Capuaba.

As informações são da Coordenação de Comunicação da Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa).

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s