O governo federal e o Banco do Brasil já garantiram R$ 10 bilhões para o pré-custeio da próxima safra. A informação foi divulgada pela ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) depois de se reunir com o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, para discutir novas formas de financiar o crédito agrícola.

O governo federal, destacou a ministra, está consciente da importância do crédito de pré-custeio e garantirá os recursos para a safra 2016/2017. “Estamos trabalhando desde o ano passado, e o Banco do Brasil nos garantiu que tem R$ 10 bilhões da poupança rural e do depósito à vista para o pré-custeio. Isso está solucionado, não me preocupa mais”, informa a ministra.

Crédito
Kátia Abreu e Nelson Barbosa discutiram ainda novas formas de custear o crédito agrícola da safra 2016/2017. O assunto vem sendo tratado com antecedência para assegurar o maior montante possível de financiamento. No ano passado, o governo disponibilizou R$ 187,7 bilhões, valor 20% maior que na safra anterior.

Por causa do ajuste fiscal implementado no governo federal, Mapa e Fazenda vêm buscado outras alternativas além das linhas tradicionais de apoio ao crédito.

“O Mapa é parceiro do ajuste fiscal. Não queremos benesses, apenas o que a agricultura precisa, o que for estritamente necessário. Esse é o setor que dá mais resultados para o país. Por isso, podemos antecipar a discussão e começar a pensar em novas formas de financiamento”, reforçou a ministra.

Entre as alternativas estudadas pelos dois ministérios, está a possibilidade de emissão do Certificado de Recebíveis do Agronegócio (CRA) indexado ao dólar e eventuais mudanças na subvenção das Letras de Crédito do Agronegócio (LCA).

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente