Importante destacar os esforços privados em defesa da cabotagem no País. A Aliança Navegação e Logística, para incentivar a utilização do modal, está abrindo um canal de atendimento online, onde o cliente poderá realizar cotações, solicitar bookings e emissão de faturas, bem como rastrear as cargas e checar a posição dos navios. “Com o e-commerce, automatizamos o acesso às informações da cabotagem, permitindo aos clientes mais agilidade e monitoramento do que está acontecendo com suas respectivas cargas”, destaca Marcus Voloch, gerente de Mercosul e Cabotagem da Aliança Navegação e Logística.

Leia também
Em defesa da navegação de cabotagem

Segundo Marcus Voloch, gerente de Mercosul e cabotagem da empresa, a ideia é justamente mostrar como o serviço é simples e oferece uma série de vantagens, como integridade da carga e baixo índice de avarias, redução significativa de custos em relação ao modal rodoviário.

Atualmente, a Aliança disponibiliza 11 navios, alocados em quatro anéis, com escalas semanais em dias fixos, nos principais portos da Costa Leste da América do Sul. Em 2014, a companhia renovou a frota com a aquisição de seis navios, num total de R$ 700 milhões. “São embarcações adequadas à navegação brasileira, mais largas, com 38 metros de boca e 12,5m de calado a plena carga”, complementa o gerente da Aliança.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website

O que você achou? Comente