Deverá ser concedida à iniciativa privada, por meio de licitação, uma área de 182,2 hectares do distrito industrial de São João da Barra, no Rio de Janeiro, em área contígua ao Porto do Açu, para a Zona de Processamento de Processamento de Exportação (ZPE).

                                         cImagem

Leia também

Vem aí a ZPE no Porto do Açu

As ZPEs são distritos industriais onde as empresas operam com isenção de impostos federais, liberdade cambial e são beneficiadas por procedimentos administrativos simplificados.

A ZPE fluminense é uma planta que processará rochas ornamentais e de revestimento, o que evidencia o interesse dos investidores (Prumo Logística e Heliporto do Açu) nessa ZPE e cumpre o requisito para a criação de uma Zona de Processamento, conforme a legislação vigente.

O projeto foi aprovado pelo Conselho Nacional das ZPEs, ligado ao Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

O vencedor do processo licitatório deverá bancar cerca de R$ 40,6 milhões com as obras.

Deverá ser concedida à iniciativa privada, por meio de licitação, uma área de 182,2 hectares do distrito industrial de São João da Barra, no Rio de Janeiro, em área contígua ao Porto do Açu, para a Zona de Processamento de Processamento de Exportação (ZPE).

As ZPEs são distritos industriais onde as empresas operam com isenção de impostos federais, liberdade cambial e são beneficiadas por procedimentos administrativos simplificados.

A ZPE fluminense é uma planta que processará rochas ornamentais e de revestimento, o que evidencia o interesse dos investidores (Prumo Logística e Heliporto do Açu) nessa ZPE e cumpre o requisito para a criação de uma Zona de Processamento, conforme a legislação vigente.

O projeto foi aprovado pelo Conselho Nacional das ZPEs, ligado ao Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

O vencedor do processo licitatório deverá bancar cerca de R$ 40,6 milhões com as obras. 

0
0
0
s2smodern
powered by social2s