A tendência mundial é para que uma onda crescente de empreendedores se lance no desafio da atividade por conta própria. As dinâmicas geradas pela tecnologia fazem parte das razões que levam a que tal assim seja, na medida em que abrem uma janela de oportunidade para a criação de espaços de e-commerce e empresas digitais, sem localização física, e nas quais toda a gestão de recursos se torna mais simples.

A facilidade de montar uma empresa ou negócio no mundo online fez com que um crescente interesse no trabalho por contra própria fosse manifestado e, mundialmente, o impacto desta mudança é visível. 

Empreendedorismo e ideias inovadoras

O Brasil acompanhou a tendência mundial. Num planeta onde a economia é promovida pelas visões mais empreendedoras e face aos desafios nacionais brasileiros, onde uma crise financeira e de desemprego apresenta problemas reais, a procura por este tipo de opção é bastante lógico.

Ainda assim, nem tudo é simples no processo empreendedor de montar um espaço de comércio online. Na verdade, a par com todas as facilidades geradas pelo ambiente tecnológico, nascem também novas dificuldades e desafios. Embora existam casos de sucesso marcantes, a verdade é que continua a existir, também, uma significativa taxa de falha, que pode ser desmotivadora para quem se lança neste tipo de negócio.

Empreendedorismo em números

Em 2017, segundo revelou um estudo do Sebrae/IBQP a participação jovem nos negócios rondava os 57%, número que indicava um crescimento face aos 50% do ano anterior. Neste ano, cerca de 15 milhões de jovens desejavam abrir uma empresa, buscando oportunidades de negócio rentáveis e que lhes permitissem explorar novas dinâmicas laborais.

Face ao desemprego, muitas pessoas (não apenas jovens, mas de todas as idades) começaram a voltar-se para o meio digital, tentando acompanhar as dinâmicas da atualidade e promover novas oportunidades. A taxa de empreendedorismo em solo brasileiro tem, por isso mesmo, mostrado uma tendência ascendente, atingindo a ordem dos 36,4%, o que equivale a mais de 50 milhões de pessoas.

Apesar da tendência empreendedora ser, evidentemente, positiva; ajudando a mexer a economia e criando uma fluidez negocial no país, a verdade é que não se podem ignorar os estudos realizados, onde os números indicam que, por cada 100 negócios iniciados, nos primeiros 24 meses, apenas 15 sobrevivem e apenas 2 ultrapassam o marco dos 5 anos de atividade.

As razões que levam à falta de sucesso no investimento empreendedor são diversas. Além das motivações erradas (como a crise ou o desemprego), existe ainda um forte impacto das lógicas de mercado, onde a concorrência é cada vez maior, o encontro com as dificuldades inerentes à conquista de um espaço neste mercado saturado e, claro, todo um conjunto de fatores psicológicos e emocionais.

O planeamento e a gestão deste tipo de empresa é fundamental para que a demotivação não leve à falência ou simplesmente à desistência e, por este motivo, a criação de estruturas bem pensadas e conseguidas para o negócio, tanto a nível de imagem como de marketing é fundamental.

O empreendedorismo de sucesso e a imagem

A criação de uma empresa de sucesso ou de um espaço de e-commerce funcional e com resultados positivos pode não ser simples.

Além de implicar uma grande dose de planeamento e uma construção de calendários de trabalho concretos e nos quais se estipulem as diversas fases de evolução; este processo implica ainda uma dose de motivação que permita lidar com todos os constrangimentos, obstáculos e dificuldades.

Depois, deve recordar que todos os pontos na criação deste projeto têm um peso: desde o nome, à imagem, ao design gráfico; passando pela forma como apresenta os seus conteúdos ao seu público; pelas políticas de transação e pelos serviços de entrega. Tudo tem de ser considerado na hora de iniciar o negócio.

Na edificação deste tipo de projeto, todos os aspetos contam. Por exemplo, se quiser utilizar imagens de um dos bancos de imagens do Google provavelmente poderá fazê-lo. Mas, para o fazer, terá de considerar aspetos como as permissões de reprodução e os direitos de autor, tendo ainda o cuidado de questionar se as imagens correspondem efetivamete ao produto que comercializa e se não o colocam em desvantagem face a outros sites, que utilizem imagens originais.

Não existem pormenores quando se é empreendedor. Todos os aspetos são fundamentais para a obtenção do sucesso e uma aposta mais assertiva nos pequenos passos pode ajudar a percorrer a estrada que leva ao êxito desejado.

O ponto mais importante, neste processo, é mesmo compreender, logo no começo, quando se estipulam os objetivos, que se trata de um processo longo, moroso e difícil. O segredo do sucesso reside, por isso, na capacidade de continuar a trabalhar pelos objetivos, mesmo face às dificuldades, sem deixar que este tipo de situação o desmotive.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente