O CEO do Porto de Roterdã, Allard Castelein, e o governador do Estado do Ceará, Camilo Santana (PT) assinaram um acordo de investimento relativo à participação da direção do porto holandês no desenvolvimento do Porto de Pecém, gerido pela esfera estadual. O acordo estabelece que a Autoridade do Porto de Roterdã investirá cerca de 75 milhões de euros no complexo portuário-industrial cearense, constituindo assim uma participação de 30% neste empreendimento. Além disso, a Autoridade do Porto de Roterdã ganhará uma palavra conjunta nas decisões estratégicas e de investimento, bem como na representação do Conselho Executivo, do Conselho de Supervisão e da administração do porto brasileiro.

ceoroterda camilo ceara
Crédito da Imagem: Divulgação/Port of Rotterdam

Os agora sócios esperam concluir detalhes sobre o acordo definitivo de participação antes do final de 2018. “Nossa participação no Porto de Pecém é uma grande oportunidade. Este porto tem um potencial claro de crescimento e sua localização estratégica lhe dá uma posição forte para se desenvolver no centro logístico e industrial mais importante do Nordeste do Brasil. Isto, por sua vez, criará novas oportunidades para os fluxos de comércio internacional e investimentos da Europa", reforçou Castelein.

Com um crescimento médio de 22% na última década, Pecém está se desenvolvendo em ritmo acelerado. O complexo portuário-industrial abrigado no Ceará é o lar de inúmeras instalações industriais e de logística, incluindo um terminal de contêineres, usinas de energia, uma usina siderúrgica e fabricantes de turbinas eólicas. Outra característica que acrescenta ao apelo de Pecém é que uma grande parte da infraestrutura necessária para o complexo portuário-industrial (quebra-mares, berços, terra, etc.) já foi desenvolvida.

Recentemente, o estado do Ceará investiu em diversas parcerias internacionais com o objetivo de desenvolver ainda mais a região como um centro de conexões internacionais para o Nordeste do Brasil. Como exemplo, a empresa alemã Fraport opera o Aeroporto de Fortaleza e, em maio de 2018, a companhia aérea Air France/KLM estabeleceu uma conexão com o aeroporto da capital cearense em parceria com a GOL Linhas Aéreas. Além disso, o estado está instalando cabos de dados subaquáticos para telecomunicações que conectam o Nordeste do Brasil com a África e os Estados Unidos.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente